exibições 2.302
Foto do artista Tavito

Jamais Jamais

Tavito


Lambuzar o coração de mel e ir em paz
Botar na boca umas palavras tais
Que só digam sim e jamais jamais

Reativar a cor berrante e esquecer o tom pastel
Mais pro vermelho do Papai Noel
Mais pro boreal que incendeia o céu
Mais pra analina que colore tudo
Mais pro azul-piscina noites de luar
Como já se disse com muita esperteza
Gente é feita pra bilhar, que beleza
Quero tudo colorido pra poder
Praticar o gosto de olhar

E tornar a lambuzar
O coração de mel e ir em paz
Botar na boca umas palavras tais
Que só digam sim e jamais jamais

E depois se admirar
Deixar o velho coração voar
Nas sempre jovens asas da emoção
Um balão rumando pelo ar

Reativar a cor berrante e esquecer o tom pastel
Mais pro vermelho do Papai Noel
Mais pro boreal que incendeia o céu

E de novo
Lambuzar o coração de mel e ir em paz
Botar na boca umas palavras tais
Que jamais digam jamais

Mais pra analina que colore tudo
Mais pro azul-piscina noites de luar
Como já se disse com muita esperteza
Gente é feita pra bilhar, mais que beleza
Quero tudo colorido pra poder
Praticar o gosto de olhar

E tornar a lambuzar
O coração de mel e ir em paz
Botar na boca umas palavras tais
Que só digam sim e jamais jamais

E depois se admirar
Deixar o velho coração voar
Nas sempre jovens asas da emoção
Um balão rumando pelo ar

Reativar a cor berrante e esquecer o tom pastel
Mais pro vermelho do Papai Noel
Mais pro boreal que incendeia o céu

E de novo, de novo lambuzar
O coração de mel e ir em paz
Botar na boca umas palavras tais
Que jamais digam jamais

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir
Composição: Dominguinhos / Renato Teixeira · Esse não é o compositor? Nos avise.
Enviada por Marco
Viu algum erro na letra? Envie sua correção.