Mais Que Palavras

Téo e Edu

exibições 2.380

Toda manhã
Você levanta pra ir trabalhar
Me deixa sozinho
Então eu saio, vou pra rua e procuro

Tantas pessoas que vão e vem
Tantos sentimentos, quantas vontades
E procuro

Sento na praça a vontade não passa
Compro flores pra quando você chegar
Procuro uma nova prova de amor

Ao amor
Quando é que se aprende, quando é que se entende o amor
Ao amor
É doce, é amargo, é complicado
Mas sei quando e como dizer
Que eu amo você

Toda manhã
Você levanta pra ir trabalhar
Me deixa sozinho
Então eu saio, vou pra rua e procuro

Tantas pessoas que vão e vem
Tantos sentimentos, quantas vontades
E procuro

Sento na praça a vontade não passa
Compro flores pra quando você chegar
Procuro uma nova prova de amor

Ao amor
Quando é que se aprende, quando é que se entende o amor
Ao amor
É doce, é amargo, é complicado
Mas sei quando e como dizer
Que eu amo você

Já sei que as rosas não falam
Mas têm o perfume
Palavras não têm mãos nem braços
Mas nos envolvem por bem mais que um segundo

Ao amor
Quando é que se aprende, quando é que se entende o amor
Ao amor
É doce, é amargo, é complicado
Mas sei quando e como dizer
Que eu amo você
Que eu amo você
Que eu amo você
Que eu amo você (você)

Add a playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir