Mulher Maravilha
De um ventre esquecido em meio ao caos ela chegou
Guiada pelos Deuses seu destino ela mudou
E como uma menina toda vida ela lutou
Mudou a sua sorte e a todos ela calou

Nascida em balança ela flutua pelo ar
Nem menina nem mulher, Carol seduz com o olhar
Corpo de volúpia feminina como a dança
Danças ancestrais nuas sob o luar

A ordem la de cima manda ela se cobrir
Tal vitalidade não é pra se exibir
Julgam a menina só por ela ser feliz
Com lágrimas nos olhos Carol fez o que quiz

Ela então se torna a Mulher Maravilha
Força de guerreira e doçura de menina
Hoje aprendo olhando minha filha
Que toda mulher é uma heroína

De um jardim regado brotou fruto tão belo
Ana cuida só deste milagre singelo
Como uma leoa que defende sua cria
Ana sai a caça não há noite nem há dia
A ordem la de cima manda ela desistir
Julgam que esse fardo é pesado e vai cair
Com super poderes ela se transforma em três
Chefe, Mãe e Pai todos de uma só vez

Ela então se torna a Mulher Maravilha
Força de guerreira doçura de menina
Hoje aprendo olhando minha filha
Que toda mulher é uma heroína
Em meio a tantos cravos uma rosa despontou
Num mundo de gravatas ela se levantou
Despida em olhares que a devoram sem pudor
Diana se faz surda, muda, cega e sem rubor
A ordem la de cima manda ela sair
Julgam que seus dotes a colocaram ali
E nesta sinfonia tão patriarcal
Diana é a solista só aplausos no final

Ela então se torna a Mulher Maravilha
Força de guerreira doçura de menina
Hoje aprendo olhando minha filha
Que toda mulher é uma heroína

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir
Composição: Elcio Oliveira Filho · Esse não é o compositor? Nos avise.
Enviada por Sam, Legendado por Douglas
Viu algum erro na letra? Envie sua correção.