Faça login para habilitar sua assinatura e dê adeus aos anúncios

Fazer login
exibições de letras 10.459

Clássico

The Gift

Fecho a porta oiço um vazio
Vou querer sobreviver ao dia de amanhã

Olhos, cenas que não vou lembrar
Hei-de encontrar, dignificar o sol de uma manhã

E agora, fraco ou forte, só me resta ir
E acredito que no mundo há flores por abrir
Mesmo que sinta que algo em mim aqui morreu

Juntos sou eu
Só eu

E existe um só céu, uma febre pagã
E depois de um sim ou não há sempre um amanhã
E agora sinto que algo em mim aqui morreu

Juntos sou eu
Só eu
Juntos sou eu
Só eu
Juntos sou eu...

Fecho a porta oiço um vazio
Vou querer sobreviver ao dia de amanhã

E o mar e o sol e a chuva só me fazem ir
E acredito que no mundo há flores por abrir
Eu vou....

E agora, fraco ou forte, só me resta ir
E acredito que no mundo há flores por abrir
Mesmo que sinta que algo em mim aqui morreu

Juntos sou eu
Só eu

E o mar e o sol e a chuva só me fazem ir
E no fim da grande estrada há sempre um partir
Mesmo que sinta que algo em mim aqui morreu
Juntos sou eu
Só eu
Só eu

Juntos sou eu
Juntos sou eu
Só eu

Eu vou...
E sinto que algo em mim aqui morreu
Juntos sou eu
Só eu
E agora, fraco ou forte, só me resta ir
E acredito que no mundo há flores por abrir
E agora sinto que algo em mim aqui morreu
Juntos sou eu
Só eu
Juntos sou eu
Só eu

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir
Composição: Nuno Gonçalves / Sonia Tavares. Essa informação está errada? Nos avise.
Enviada por Ricardo. Legendado por Hélio. Revisão por Ricardo. Viu algum erro? Envie uma revisão.

Comentários

Envie dúvidas, explicações e curiosidades sobre a letra

0 / 500

Faça parte  dessa comunidade 

Tire dúvidas sobre idiomas, interaja com outros fãs de The Gift e vá além da letra da música.

Conheça o Letras Academy

Enviar para a central de dúvidas?

Dúvidas enviadas podem receber respostas de professores e alunos da plataforma.

Fixe este conteúdo com a aula:

0 / 500


Opções de seleção