Vou abrir os meus olhos e então
Da noite sumir
E dessa sombra vou fugir!

Como um brinquedo frágil vai quebrando em partes
Por uma dor que nunca sai
O meu corpo treme sem razão
Mas meu peito encontra
A calma nessa escuridão

Agora me pergunto
Se você pode me ver
Essas mãos trazem um frio
Que não quer mais ceder

E se você pode me salvar
Das garras que fazem sangrar

Então, nós vamos destruir
O que nos impedir de chegar até o final
Se o mundo quiser me esquecer
Eu não vou me render
Minhas asas vou abrir!
Em meu peito há sentimentos que
São tão fortes que parecem que vão explodir
Será que sou mesmo capaz de sentir?

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir
Composição: Felipe Mimura / Matheus Lynar · Esse não é o compositor? Nos avise.
Enviada por Andressa
Viu algum erro na letra? Envie sua correção.