Me diga então
Diga então, como fiquei assim?
Se há um outro alguém
Preso dentro de mim?

Estou perdido, bem perdido
No mundo onde acordei
E só te vejo rir, mas por que
Eu não sei

Me sinto sem forças pra lutar
Não posso respirar
Nem libertar, nem me libertar
E tudo aqui parou

Estou nem tão mortal, nem imortal
Nem caindo, nem tão de pé
Mas eu enfim pude te encontrar

E nesse mundo tão sujo e distorcido
Estou transparente, invisível
Não me procure, não procure olhar
Para mim

E aqui nesse mundo,
Que entrei pra ficar
Não posso te machucar, só não vá
Não vá me esquecer
Não vá me esquecer
De como eu sempre fui!

A solidão vai apertar
Vai começando a sufocar
E o que já me fez rir agora
Vem pra me fazer chorar

Não posso andar, me libertar
Não posso andar, me libertar
Não posso andar, me libertar do...
Monstro que sou!

Eu fui transformado
Não quis ser mudado
Se dois se uniram
Dois se destruíram

Nem tão mortal, nem imortal
Nem caindo, nem tão de pé
Mas eu nunca vou te contaminar

E nesse mundo tão sujo, e distorcido
Estou transparente, invisível
Não me procure, não procure olhar
Para mim

E aqui nessa armadilha que alguém fez
Só tente fugir, e só te peço:
Não vá me esquecer
Não vá me esquecer
De como eu sempre fui!

Não me esqueça, não me esqueça
Não me esqueça, não me esqueça

Eu não acredito que me transformei
Já que em meus sonhos
Eu nunca mudei
Não vá me esquecer
Não vá me esquecer

Me diga então
Me diga então
Se há um outro alguém
Preso dentro de mim?

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir
Composição: The Kira Justice · Esse não é o compositor? Nos avise.
Enviada por Leticya, Legendado por Paulo e Brenda
Viu algum erro na letra? Envie sua correção.