Em páginas de solidão, calculista é sua visão
Desconhece piedade, não há perdão

Um caderno envenenou seu pensamento
Ao lhe dar todo o poder de julgamento
As mentiras já afetaram seu estado
Sem jamais se perguntar se está errado

Mundo vazio
Um texto frio

Artistas da morte vão escrever
uma nova lei

Sinta na pele esse medo
Da chuva que veio pra tudo apagar
Sinta na pele esse medo
Da chuva que veio pra tudo apagar
chuva que veio pra tudo apagar

Escuto uma canção, ode à destruição
O quanto será que é apenas ruído?

Sua diferença, a sociedade irá enterrar
Ou ainda acha que o mundo, você vai mudar?
Sua missão é suicída, não vê?
Esteja pronto pra destruição!

Mundo vazio
Um texto frio

Artistas da morte vão escrever
uma nova lei

Sinta na pele esse medo
Da chuva que veio pra tudo apagar
Sinta na pele esse medo
Da chuva que veio pra tudo apagar
chuva que veio pra tudo apagar

Egos irão lutar, mentes, amor, sadismo
Um pensamento cruel, que tira sua vida
Não suportando o crime, assassina o pecado
Um plano genial, porém arriscado
Se o deus da morte está andando junto a ti
Se prepare, a miséria irá te consumir

KIRA, nós somos KIRA
Meu nome é KIRA
Todos são KIRA
Ei!
KIRA, nós somos KIRA
Meu nome é KIRA
Todos são KIRA
Ei!

Arrependimento não vai me servir mais
Quem errar no meu mundo nunca terá paz
Arrependimento não vai me servir mais
Quem errar no meu mundo nunca terá paz

E os tempos... vão mudar!

Sinta na pele esse medo
Da chuva que veio pra tudo apagar
Sinta na pele esse medo
Da chuva que veio pra tudo apagar

Coração sangrento, dança dentro de mim
Coração sangrento, dança dentro de mim
Destino que chega pra tudo apagar, virá

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir