O que te trouxe aqui?

Essas dores na sua alma também doem em mim

Não existe mais aceitação
Só segregação por seus semelhantes

Ódio apenas por odiar
Falta de amor, por não querer amar
Necessidade de olhar pro teu irmão e dizer: Eu não sou semelhante a você

Mas eu não penso igual a você
Que insiste em dizer que a vida é baseada no que se pode ver, poder
No mundo atual, ser significa ter
A vida é muito mais do que você pode ver

Mas naquele que tem
É fácil o caminho pra perceber
A lacuna que sua existência representa
A juventude nele inerte
Sem planos, sem sonhos, vida vazia, nula

Na sua zona de conforto
No seu curso sob esse caminho guiado pelos moldes alheios
Você não encontrará o que te traz paz

O reflexo no espelho é fiel a quem é você?
Ou mais uma projeção pros olhos de quem vê?

Olhe para o seu dia
Falta algo?
Eu sei, falta tempo pra sua vida

Acordar antes do nascer-do-sol
Pegar um ônibus cheio pra um trabalho que você odeia
Sem reclamar
Porque o importante é:
Agradar
Não importa a quem
Buscando a desnecessária aceitação de todos
Necessidade de ser o que querem pra você

Esse mundo é denso demais pra quem ainda sonha
Quem semeia a verdade carrega o peso da realidade

A guerra começou
Mas ela não vai assolar o universo de quem cultiva a esperança de um mundo novo

The reflection in the mirror, is true the who you are?

What you are?

Just think!

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir