Não há rosas, mas também não há espinhos
Não há luz, mas também não tem caminho
Há uma fronteira, um passo e eu estou lá
Estou parado, tenho que pensar

Não há gritos, mas também não há terror
Não há choro, mas também não existe a dor
Um dia em branco e sem razão
Sem lembranças, não quero explicação

Um pouco de paz, estacionado vejo eu e mais nada
Distante do mundo, longe da lição
Estou no profundo do meu coração
Perdi a cabeça
Perdi a cabeça

Não há gritos, mas também não há terror
Não há choro, mas também não existe a dor
Um dia em branco e sem razão
Sem lembranças, não quero explicação

Um pouco de paz, estacionado vejo eu e mais nada
Distante do mundo, longe da lição
Estou no profundo do meu coração
Perdi a cabeça
Perdi a cabeça

Um pouco de paz, estacionado vejo eu e mais nada
Distante do mundo, longe da lição
Estou no profundo do meu coração
Perdi a cabeça
Perdi a cabeça

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir

Posts relacionados

Ver mais no Blog