Malungo, olha lá o barra-vento
Que o som do aguerê vai te levar
Malungo respeita fundamento
Que o santo mandou respeitar

Falei não deu valor
A força do preceito lhe pegou
Falei você se embaraçou
Se é da mironga tem que ser conhecedor

A comida que é de santo
É pra quem sabe preparar
Sem saber mexer na coisa
Deu dendê pra oxalá
E botou comida branca
No peji de beira-mar
Hoje em dia tá pagando
Que é pra nunca mais errar

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir
Composição: Roque Ferreira / Toninho Geraes · Esse não é o compositor? Nos avise.
Enviada por Manuel
Viu algum erro na letra? Envie sua correção.