tradução automática via Revisar tradução

Amata Immortale

Del mío vagar
Cercavo il più profondo senso
Fuggente a mondi opachi e fragili
Quel vano errar
Confuso ed irrequieto
Condusse a te mía cosmica sorgente
Di remota luce

Ed il naufragar ora m'è dolce
In questo tuo stellato mar

Tra luce e oscurità
Scorgero il tuo sguardo
La tua sincerità
E alla tua divina poesia il cuor s'arrendèra
E allor tra cielo e mar
Ancor ritrovero
Perdute identità

Io deel'eternità
Scolpiro l'istante
Che il tua amor scalfirà
Mentre al vento concedi il tuo canto
E mi seduci già
E allor tra sempre e mai
Con impeto e pietà
Tu ti rivelerai

M'ispirerai
Sapro ormai come affrontare
L'immane fato quando ancor s'addombrerà
Risuonerai
In un vibrante accordo
E svelerai il dorato brivido
Allo sbocciar di un fior di loto

Intima scintilla che or s'accende
Amata immortale

Tra luce e oscurità
Scorgero il tuo sguardo
La tua eterna realtà
E alla tua divina poesia il cuor s'arrendèra
E allor tra cielo e mar
Ancor ritrovero
Perdute identità

Io deel'eternità
Scolpiro l'istante
Che il tua amor scalfirà
Mentre al vento concedi il tuo canto
E mi seduci già
E allor tra sempre e mai
Con impeto e pietà
Tu ti rivelerai

Tra luce e oscurità
Troverai il mío sguardo
La mía sincerità

E alla tua divina poesia il cuor s'arrenderà
(E allor tra cielo e mar)
Ritrovero
(Ancor ritrovero)
Perdute
(Perdute identità)
Identità

Io dell'eternità
Scolpiro l'istante
Che il tuo amore scalfirà
Quell'istante
Di eternità

Imortal amado

Del mío vagar
Eu estava procurando o mais profundo sentido
Fugindo para mundos opacos e frágeis
Aquele errar errar
Confuso e inquieto
Ele levou sua fonte cósmica para você
De luz remota

E o naufrágio agora é doce para mim
Neste seu mar estrelado

Entre a luz e a escuridão
Eu vejo seus olhos
Sua sinceridade
E a sua poesia divina o coração s'arrendèra
E então entre o céu e o mar
Eu encontrei novamente
Identidade perdida

Eu da eternidade
Esculpir o instante
Que seu amor vai arranhar
Enquanto no vento você dá sua música
E você já me seduz
E então, sempre e sempre
Com ímpeto e pena
Você vai se revelar

M'ispirerai
Eu vou saber como lidar com isso
O terrível destino quando ele vai melhorar
Risuonerai
Em um acordo vibrante
E você vai revelar o arrepio dourado
No florescimento de uma flor de lótus

Centelha íntima que inflama
Imortal amado

Entre a luz e a escuridão
Eu vejo seus olhos
Sua eterna realidade
E a sua poesia divina o coração s'arrendèra
E então entre o céu e o mar
Eu encontrei novamente
Identidade perdida

Eu da eternidade
Esculpir o instante
Que seu amor vai arranhar
Enquanto no vento você dá sua música
E você já me seduz
E então, sempre e sempre
Com ímpeto e pena
Você vai se revelar

Entre a luz e a escuridão
Você encontrará meus olhos
Minha sinceridade

E seu coração se renderá à sua poesia divina
(E então entre o céu e o mar)
Encontro-me
(Eu encontrei de novo)
perdido
(Identidade perdida)
identidade

Eu da eternidade
Esculpir o instante
Que seu amor vai arranhar
Esse momento
Da eternidade

Original Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Enviar