Guerreiro Da Mata

Umbanda

exibições 9.916

Sou filho do Vento da Mata,
Do Vento que vem e que vai,
Oçanhe me olhe e me ajude,
Oxóssi que é o meu Pai.

Guerreiro da Mata eu sou,
A vida me ensina a viver,
Sou filho do Vento da Mata,
Coragem, se tens, vem me ver.

Sou filho do Vento da Mata...

A lança que eu trago, eu fiz,
Meu arco não atira, em vão,
Na mata, onde eu sou feliz,
Levo sempre um escudo na mão.

Sou filho do Vento da Mata...

Guerreiro de Tribo Valente,
A brisa da mata é meu ser,
Coragem eu trago na frente,
Que Oxóssi me dá, pra vencer.

Sou filho do Vento da Mata...

Add a playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir