Foto do artista União da Vila do Iapi

1993 - Das Origens do Egito Ás Folias do Areal

União da Vila do Iapi


Tá bonito, tá gostoso é o rei que quer assim
É de dar água na boca, tira o dedo do pudim

Vêm lá do Egito, o carnaval oiti
O negro hoje é o personagem principal
Soberano nesta festa universal

Quem tem boca faz o que?
Quem tem boca vai à Roma, vai, vai, vai
Deus baco quem os convidou
Estou de porre, tô legal
Vou brindar com vinho o seu corpo sensual

Cultuando pelos bailes de Veneza
A musa de máscara negra, vou encontrar
Diga lá colombina, diga lá Pierrot
Ninguém sabe onde anda o meu amor

(Zé Pereira) o Zé o teu surdo bateu forte
Retumbou e fez sambar todo país
Eu vou de trem exaltar minha madrinha
Eu sou da vila, eu sou raizpidinha

Trio elétrico, sacudiu oi
Homem da noite, mulher do dia surgiu

Saudade bate, não me esqueço do areal
Maravilhado, vejo o rei negro lelé e macalé
Ai vêm a marinha e caetés
Exaltando sonhos meus
Essa é a Vila que pedi a Deus

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir