A Sereia e o Vagabundo

Uzina V

exibições 249

UZINA V - A Sereia e o Vagabundo


Obra! Divina natureza,
Linda Sereia perdida, pelo mar de Fortaleza.
Tuas pernas teu cabelo teu sorriso, visão do paraíso,
Verão sol céu e mar sou teu amor, pele morena!
Com tua presença chega até a incomodar será Helena?
Ou a reencarnação de afrodite, monalisa,
Te quis desde o início..
Se verei teu corpo nú não há distância,
Que não valha o sacrifício..


É no balanço dos teus quadrís, que eu vou, uô, uô, uô
Um anjo bom que caiu do céu,
Pra me dizer que viver é bom!


E quando você passa disfarça,
Meu Deus que mulher é essa? Isso é um absurdo!
Dona da beleza que instiga todo mundo,
Quase que infarta o coração de vagabundo.
Nada pro meu barco minha sereia linda!
Sonho cor de rosa entre o Brasil e Argentina.
Eu já me decidí não reagir por tua causa,
Largo a mulherada, balada, cachaça.
Raiz do meu destino eu já nem imagino,
O ar da tua graça transforma o malandro num menino,
Mãos pro alto é um assalto!
Rouba o coração de um malandro apaixonado.

Add a playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir