Madalena, Madalena
Essa não é de brincadeira
Quando vejo Madalena
Na minha cabeça só besteira

Madalena, Madalena
Que coisa linda que xodó
Anda saltitante pela rua
Rebolando como ela só

Fui à casa de Madalena
Comer o que ela tem de melhor
Ela não entendeu me ofereceu churrasco
Vaca atolada e bobó

Adentrei a casa dela
Foi com outra intenção
Madalena no passado
Já foi minha grande paixão

Ela trabalhou lá em casa
Já passei muito sufoco
Quando via Madalena pelada
Ela fazia de tudo um pouco

Madalena, Madalena
Essa não é de brincadeira
Quando vejo Madalena
Na minha cabeça só besteira

Madalena é baixinha
Tem o corpo escultural
Tem a bunda arrebitada
Já demorei no banheiro fingindo lê jornal

Sempre foi muito prendada
Que mãos de fada ela tem
Tem boquinha de veludo
Mexe bem mexe bem

Tem o peito turbinado
Cozinheira de mão cheia
Quando chego perto dela
Minhas pernas então bambeia

Vou sim tomar coragem
Vou acalmar meu coração
Ainda vou trazer de volta
Madalena pro meu colchão

Madalena, Madalena
Essa não é de brincadeira
Quando vejo Madalena
Na minha cabeça só besteira

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir