exibições 1.465
Foto do artista Vanusa

S.O.S Mulher

Vanusa


A mão que te acaricia
É a mesma que esbofeteia
E a boca que te beija
É a mesma que injuria.

O braço forte que lhe ampara
É o mesmo que te bate na cara!
O braço forte que lhe ampara
É o mesmo que te bate na cara!

E lá vai você por essa estrada
Se arrastando sem fazer nada
Teu silêncio é cúmplice da violência.

Levanta o topete,
Reergue essa força!
Nem que você se torça
Limpa a cara, sai pra outra
Não seja filha da luta!

A mão que te acaricia
É a mesma que esbofeteia
E a boca que te beija
É a mesma que injuria.

O braço forte que lhe ampara
É o mesmo que te bate na cara!
S.O.S Mulher! (Mulher!) Óh! Mulher!
S.O.S Mulher! (Mulher!) Óh! Mulher!
S.O.S Mulher! (Mulher!) Óh! Mulher!

Acorda pra vida e pede socorro
Nada vale esse jogo
No sufoco, vale tudo!
Áh! Bota a boca no mundo!

S.O.S Mulher! (Mulher!) Óh! Mulher!
S.O.S Mulher! (Mulher!) Óh! Mulher!
S.O.S Mulher! (Mulher!) Óh! Mulher!

S.O.S Mulher! (Mulher!) Óh! Mulher!
S.O.S Mulher! (Mulher!) Óh! Mulher!
S.O.S Mulher! (Mulher!) Óh! Mulher!
S.O.S Mulher! (Mulher!) Óh! Mulher!
S.O.S Mulher! (Mulher!) Óh! Mulher!

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir