Tanto tempo passado,
Tanto tempo perdido.
Tempo de espera.
Desespero.

Não respirava,
Não sorria,
Não vivia,
Não tinha coragem de me olhar no espelho.

Horas de silêncio.
No escuro.
Sem futuro.
Totalmente desnorteado.

Tentando refazer
Uma parte de mim
Que levaram e eu fiquei calado.

Tentando ocupar
O vazio que ficou,
Tentando relevar a dor.

Tentando apagar o que vivi,
Em busca de um recomeço,
De um novo amor.

Lembranças estampadas no olhar,
Sem saber o que fazer,
Sem idéia de qual o passo a dar.

Respirei,
Como não fazia há meses,
E no embalo do gotejar da chuva,
Meu coração voltou a pulsar.

Me refiz,
Pedaço por pedaço,
Exatamente como deveria ser.

Sem me preocupar com o futuro,
Me entreguei a vida
E resolvi viver.

E mesmo sabendo que algum dia,
Aquela parte do meu coração refeito,
Novamente partiria no coração de outro alguém,
Eu simplesmente sorri.

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir