É mais uma vez, a madruga chegou
E os meus olhos não conseguem se fechar
É mais uma vez, meu coração desesperou
E a angustia predomina e não consigo respirar
E Deus fala comigo a todo instante

Usando seus profetas
Para a minha benção confirmar
Meu corpo tão cansado e ofegante
Mesmo assim acreditei
Que a providencia Deus trara

Acreditei, que em meio a dor
Ele também chorou seu espirito em gemidos intercedeu
Mais acreditei que mesmo chorando
Eu não vou morrer por que com um proposito
Deus me fez nascer

Eu vou passar, eu vou passar
Em meio ao fogo vou passear
Com o quarto homem e essa fornalha
Não me queimara

Passo pela prova passo pela luta
Passo adorando e agora ate chorando
E vejo os teus anjos agindo em meio
Ao reboliço aqui

Marcho na fornalha atravesso o fogo
Ando sobre as águas do espirito renovo
Levanto as minhas mãos
E de onde o inimigo estiver
Tem que sair

Me revisto nessa prova
Com a gloria de jeová

E o mal iremos vencer

Seja revestido agora
Com a glória de Jeová e o mal iremos vencer

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir