Foto do artista Viny Machado

A Imperadores É de Todas As Tribos, Mano!

Viny Machado


Vai pegar fogo, é nóis de novo
Vai virar caldeirão
É o nosso povo
Tamu junto e misturado
Todas as tribos, num só coração

Agora que eu quero ver
O “coro” vai comer o show vai começar
Chega de ter preconceitos
Todos têm direitos e querem clamar
Sem distinção, raça ou cor
Vem cobrar seu valor, cidadania
Tribos, tribeiros, nação
Todos manos, irmãos
Na luta a se manifestar
A imperadores virou aldeia
E quem quiser! É só chegar

Toca o som do batidão, que contagia
É do gueto, sangue bom, periferia
Do funk ao rap, não tem caô
A massa black mostra o seu valor

Regueiros, com seus rastafaris
Cultuam em Marley, a sonzera
Com atitude, pura rebeldia
O rock vence o conservador
Os caras são feras, tudo profissional
Galera chique radical
Surfistas, skatistas
Adrenalina, paixão e prazer

O samba traz alegria e felicidade
Pagodeiros por toda cidade
Espalham seu alto-astral
A vermelho e branco vem numa só voz
Pedir a paz a todos nós

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir
Composição: Alessandro Anthunes / Lele / Victor Nascimento · Esse não é o compositor? Nos avise.
Enviada por João
Viu algum erro na letra? Envie sua correção.