exibições 2.344

Ócio Não É Negócio

Vivendo do Ócio


Resolvi sentar para não ficar parado
Resolvi fazer tudo que você acha errado
Quis me libertar do padrão que foi implantado
Terno, suor e dinheiro, obediente sempre calado

Prefiro viver meu mundo
A ficar velho acreditando
Ser mais um contribuinte
Não sou apenas mais uma máquina

O meu ócio te incomoda
O seu negócio só destrói
Você é uma peça desse jogo
Que o final é sempre igual

Prefiro viver meu mundo
A ficar velho acreditando
Ser mais um contribuinte
Não sou apenas mais uma máquina

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir
Composição: Dieguito Reis / Luca Bori · Esse não é o compositor? Nos avise.
Enviada por Vitor
Viu algum erro na letra? Envie sua correção.