A Cruz Concedeu Paz

Vocal Livre

exibições 4.235

Fujo outra vez cheio de nudez,
Percorrendo tanto chão pra encontrar a solidão.
Apertado feito um nó, coração chega a dar dó
Na incerteza de andar só por confiar.

Lembro então de Alguém que se fez ninguém.
Veio para Se doar, veio para me salvar,
Pois o Filho que morreu no meu coração nasceu.
Reviveu do pó, do chão; trouxe salvação.

Elevo meus olhos ao monte. De onde virá meu socorro?
A cruz concedeu paz.

Add a playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir