Ô mulher malvada
Cadê mulher bandida
Vem me ver, ainda gosto de ti
Tem um coração de pedras
Pedras que faz o ferro
Tira ele e jogue fora
Põe um coração de carne
Passe a gostar de mim

Até o seu comer
É o meu viver
A água que você toma banho
A que mata a sua sede
Ela é o meu beber
A roupa que você veste
Aquece meu corpo quente
As curvas que tem no coro
Neste corpo lindo teu
É a ponte da minha estrada

Os olhos que você tem
Feito pra me olhar
Suas "aniquilarinas"
Sorrindo vem a brilhar
Sua boca bem construída
Feita pra me beijar

Seu corpo insinuante
Puro e bem desenhado
É o corpo que eu vou amar
Seu corpo bem construído
Puro e bem desenhado
É o corpo que eu vou amar
Este corpo me dá prazer
É a força da união
Eu preciso pra viver

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir