O amor não bate na porta do coração
Chega como um rei, dita como quer toda emoção

Tem dó da minha saudade
Tem dó do meu coração
Leva essa minha tristeza
No mesmo barco, a solidão

Devolve a felicidade
Me traz de volta você
Na mesma alegria da primeira vez
Quando eu era o bem maior no seu viver

Eu não primei por nossa permanência
Bem mais por inocência que por mal
Subestimei a sua paciência
Pensando que era eterno o seu aval

Estou pagando muito caro agora
Por isso clamo pelo seu perdão
Eu não sabia que te amava tanto
Só veio à tona na separação

O amor não bate na porta do coração
Chega como um rei, dita como quer toda emoção
Contrariando bem mais, brinca com a razão
Vai, bem muito mais, ele vai além da imaginação

Tem dó da minha saudade
Tem dó do meu coração
Leva essa minha tristeza
No mesmo barco, a solidão

Devolve a felicidade
Me traz de volta você
Na mesma alegria da primeira vez
Quando eu era o bem maior no seu viver

Eu não primei por nossa permanência
Bem mais por inocência que por mal
Subestimei a sua paciência
Pensando que era eterno o seu aval

Estou pagando muito caro agora
Por isso clamo pelo seu perdão
Eu não sabia que te amava tanto
Só veio à tona na separação

O amor não bate na porta do coração
Chega como um rei, dita como quer toda emoção
Contrariando bem mais, brinca com a razão
Vai, bem muito mais, ele vai além da imaginação

O amor não bate na porta do coração
Chega como um rei, dita como quer toda emoção
Contrariando bem mais, brinca com a razão
Vai, bem muito mais, ele vai além da imaginação

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir