exibições 44.245
Foto do artista Zeca Pagodinho

Alma Boêmia

Zeca Pagodinho


Morro dos prazeres, que você me dá
Quando eu não sair de marola, eu vou te levar
Você dorme cedo, eu só vou deitar
Quando dar o tom da viola pro galo cantar

Amor, me perdoa se às vezes eu surto
Tirando essas ondas que curto
E não lembro de voltar

Você sabe bem, minha doce alma gêmea
Quem tem a alma boêmia não consegue segurar, segurar
É que o samba pega que nem feitiço
E quando me pega, eu enguiço
só saio quando acabar

Eu vou pra Gamboa e de lá vou pra Lapa
Aí o bom senso me escapa
Amor, eu não sei como evitar
Eu subo a colina e pra minha surpresa
Alguém diz em Santa Tereza que o dia já vai clarear

Morro dos prazeres, que você me dá
Quando eu não sair de marola, eu vou te levar
Você dorme cedo, eu só vou deitar
Quando dou o tom na viola pro galo cantar

Amor, me perdoa se ás vezes eu sumo

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir
Composição: Paulinho Resende / Toninho Geraes · Esse não é o compositor? Nos avise.
Enviada por Jefferson, Legendado por Juliana
Viu algum erro na letra? Envie sua correção.