Você que fica aí parado
Vendo televisão
De repente, uma notícia forte
Te chama atenção

Uma cena estúpida
Brutal e cruel
Mas ainda parece tão pouco
Pra mudar seu coração

Eu sou o personagem central
De toda essa história
História que você ignora
E faz que não vê

E exclui do seu consciente
A vontade de um povo
Um povo que luta e que sofre
Pra sobreviver

Você tem em suas mãos
A força e o poder
Mas não tem a sabedoria
Pra entender

Que o Brasil é a sua pátria
Acima de tudo
E o povo precisa de luz
Pra sair desse escuro

Eu sou muito pequeno
Perante você
Eu sou apenas pedaços
De alguém tão comum

Eu sou a ignorância
Da cabeça sua
Simplesmente, sou
Mais um garoto de rua

Eu sou o personagem central
De toda essa história
História que você ignora
E faz que não vê

E exclui do seu consciente
A vontade de um povo
Um povo que luta e que sofre
Pra sobreviver

Você tem em suas mãos
A força e o poder
Mas não tem a sabedoria
Pra entender

Que o Brasil é a sua pátria
Acima de tudo
E o povo precisa de luz
Pra sair desse escuro

Eu sou muito pequeno
Perante você
Eu sou apenas pedaços
De alguém tão comum

Eu sou a ignorância
Da cabeça sua
Simplesmente, sou
Mais um garoto de rua

Eu sou a ignorância
Da cabeça sua
Simplesmente, sou
Mais um garoto de rua

Você que fica aí parado
Vendo televisão

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir
Composição: Zezé Di Camargo. Essa informação está errada? Nos avise.
Legendado por Anderson. Revisões por 3 pessoas . Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais posts