exibições 564

Longe do teu fértil olhar
Longe do teu respirar

Flores de mil cores secarão
Dores de amores ficarão

E nem o sol há de se levantar
Ou a chuva se precipitar
Longe do sereno do teu rosto
Longe do teu gosto

E nada poderá me tirar dessa confusão
E nada faz aliviar a minha pressão

A não ser a musica sutil do teu sorriso
Remédio único do qual preciso

Estrelas se apagarão no céu
Talvez amargo até se torne o mel
Longe do gosto de ser feliz
Que jorra de ti como de um chafariz

E nem um sono mais será tranqüilo
Pois o silêncio mais profundo irá feri-lo
Longe de tua voz tão doce
Como se um canto de pássaro fosse

E nada poderá me tirar dessa confusão
E nada faz aliviar a minha pressão

A não ser a musica sutil do teu sorriso
Remédio único qual preciso

E mesmo que o vento pare de soprar
E me falte o ar, me falte o ar
Estando longe eu vou buscar

E mesmo fraco irei lutar
E se no final da guerra eu não ganhar
Feliz estarei por tentar

E não terei porque me arrepender
Nenhum jogo é feito apenas de vencer

E nada poderá me tirar dessa confusão
E nada faz aliviar a minha pressão

A não ser a musica sutil do teu sorriso
Remédio único qual preciso

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir