exibições 2.266
Foto do artista Academia da Berlinda

Tu gosta de ver o nêgo nervoso
Tu gosta de ver o nêgo nervoso
Tu gosta de ver o nêgo nervoso

Tu gosta de ver o nêgo nervoso
Tu gosta de ver o nêgo nervoso
Tu gosta de ver o nêgo nervoso

Nêgo véi tome cuidado, tempo tá fechado pra teu lado, nêgo
Cuidado com esse rio, cuidado nêgo
Cuidado nêgo

Tu é galeroso, um cara da pesada
Tem uma banda invocada e não pode parar
Nasceu pertinho do mar e gosta de desafio
Mas no fundo desse rio não vá se afogar

Tente passar com a sua canoa
Nunca fique à toa, cante o balançar
Um balanço preciso, vento perigoso
Não lhe falte a brisa pra continuar
Pra saber respirar, ahh ahh
Pra saber respirar, ahh ahh
Pra saber respirar, ahh ahh
Pra saber respirar, ahh ahh

Mas essa lua que desperta o mundo, te despertará
Pela vida inteira, pela vida inteira desse pelejar
Mas essa lua que desperta o mundo, te despertará
Pela vida inteira, pela vida inteira desse pelejar

Eu vou mergulhar num cantinho de rosa
Num canto de calma, num canto de roda
Essa lua sem medo, medo, medo
Essa lua vem nêgo, nêgo, nêgo

Eu vou mergulhar num cantinho de rosa
Num canto de calma, num canto de roda
Essa lua sem medo, medo, medo
Essa lua vem
Essa lua vem nêgo, nêgo

Tu gosta de ver o nêgo nervoso
Tu gosta de ver o nêgo nervoso
Tu gosta de ver o nêgo nervoso

Tu gosta de ver o nêgo nervoso
Tu gosta de ver o nêgo nervoso
Tu gosta de ver o nêgo nervoso

Mas essa lua que desperta o mundo, te despertará
Pela vida inteira, pela vida inteira desse pelejar
Mas essa lua que desperta o mundo, te despertará
Pela vida inteira, pela vida inteira desse pelejar

Eu vou mergulhar num cantinho de rosa
Num canto de calma, num canto de roda
Essa lua sem medo, medo, medo
Essa lua vem nêgo, nêgo, nêgo

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir