Pular para o conteúdo

Presente do subjuntivo em espanhol: aprenda como e quando usar

Além de todos os benefícios que a música pode oferecer, ela faz com que sua jornada de aprendizado seja muito mais divertida e descomplicada!

Espanhol · Por Taylor Oliveira

24 de maio de 2022, às 15:00

Seria incrível se existisse uma pílula mágica que nos permitisse sair falando qualquer idioma do mundo, né? ¡Ojalá suceda! Ainda mais quando se trata de dominar questões gramaticais como, por exemplo, conjugação de verbos no imperativo ou no presente do subjuntivo em espanhol.

Mas com um pouquinho de prática, tudo se descomplica. Até mesmo o modo subjuntivo no espanhol, que geralmente usamos quando queremos expressar desejos e probabilidades.

E olha que legal: com o presente do subjuntivo, você pode falar não só do presente, mas também fazer previsões sobre o futuro. 🔮

Quer descobrir como isso é possível? Vem com a gente.

Presente do subjuntivo em espanhol

Além de desejos e probabilidades, o presente do subjuntivo em espanhol pode ser usado para dar ordens, conselhos, opiniões e fazer previsões sobre ações futuras. Sua conjugação apresenta regularidades que facilitam bastante o uso, mas também formas irregulares que merecem atenção.

A seguir, vamos analisar cada um desses casos, ver exemplos e fazer alguns exercícios para revisar tudo o que aprendemos. ¡Así que ponete las pilas y a estudiar!

Conjugação no presente do subjuntivo

Para reconhecer um verbo no presente do subjuntivo em espanhol, é preciso entender como funciona sua conjugação. Um macete ótimo para os verbos regulares é:

  • Verbos no infinitivo que terminam em -ar terminarão com -e
  • Verbos no infinitivo que terminam em -er/-ir terminarão com -a

Esse é o único detalhe que precisamos ter em mente, já que, na forma regular, a raiz do verbo não sofre nenhuma alteração. Observe como as terminações se repetem:

CANTARAPRENDERESCRIBIR
yocanteaprendaescriba
tú, voscantesaprendasescribas
él, ella, ustedcanteaprendaescriba
nosotros/ascantemosaprendamosescribamos
vosotros/ascantéisaprendáisescribáis
ellos, ellas, ustedescantenaprendanescriban

Perceba também que a conjugação na primeira pessoa do singular (yo) e na terceira (él/ella/usted) é a mesma nos três casos. Assim sendo, às vezes, pode ser necessário o uso explícito dos pronomes pessoais para evitar ambiguidades.

Para as formas irregulares, é preciso atenção com as mudanças na raiz dos verbos. Alguns casos de irregularidade total são:

  • caber: quepa, quepas, quepa, quepamos, quepáis, quepan
  • dar: dé, des, dé, demos, deis, den
  • estar: esté, estés, esté, estemos, estéis, estén
  • haber: haya, hayas, haya, hayamos, hayáis, hayan
  • ir: vaya, vayas, vaya, vayamos, vayáis, vayan
  • saber: sepa, sepas, sepa, sepamos, sepáis, sepan
  • ser: sea, seas, sea, seamos, seáis, sean
  • ver: vea, veas, vea, veamos, veáis, vean

Alguns verbos irregulares sofrem uma mudança vocálica na última vogal da raiz:

MUDANÇAVERBOCONJUGAÇÃO
e → ipedirpida, pidas, pida, pidamos, pidáis, pidan
e → ie/equererquiera, quieras, quiera, queramos, queráis, quieran
e → ie/isentirsienta, sientas, sienta, sintamos, sintáis, sientan
o → ue/opoderpueda, puedas, pueda, podamos, podáis, puedan
o → ue/udormirduerma, duermas, duerma, durmamos, durmáis, duerman
u → ue/ujugarjuegue, juegues, juegue, juguemos, juguéis, jueguen

Há também verbos irregulares que sofrem uma mudança de consoantes em sua raiz. Em alguns casos, essas consoantes são completamente substituídas a fim de manter a pronúncia original do verbo. Em outros, apenas a consoante z será adicionada à raiz:

MUDANÇAVERBOCONJUGAÇÃO
c → qusacarsaque, saques, saque, saquemos, saquéis, saquen
c → zvencervenza, venzas, venza, venzamos, venzáis, venzan
c → zcconocerconozca, conozcas, conozca, conozcamos, conozcáis, conozcan
g → gullegarllegue, llegues, llegue, lleguemos, lleguéis, lleguen
gu → gseguirsiga, sigas, siga, sigamos, sigáis, sigan
g → jelegirelija, elijas, elija, elijamos, elijáis, elijan
z → c cazarcace, caces, cace, cacemos, cacéis, cacen

Os verbos caer, decir, hacer, oír, poner, salir, tener, traer, valer e venir ganham uma letra g antes das terminações no presente do subjuntivo:

  • decir: diga, digas, diga, digamos, digáis, digan
  • hacer: haga, hagas, haga, hagamos, hagáis, hagan
  • tener: tenga, tengas, tenga, tengamos, tengáis, tengan

Por último, temos os verbos que recebem um acento em sua raiz na primeira pessoa do singular (yo), na segunda (tú/vos) e na terceira (él/ella/usted), e também na terceira pessoa do plural (ellos/ellas/ustedes):

  • continuar: continúe, continúes, continúe, continuemos, continuéis, continúen
  • prohibir: prohíba, prohíbas, prohíba, prohibamos, prohibáis, prohíban

Usos do presente do subjuntivo

Agora que já sabemos o que é o presente do subjuntivo e conhecemos suas formas de conjugação, é hora de ver os principais cenários em que iremos utilizá-lo.

Desejos e vontades

Você reparou a palavra em espanhol usada no início desse texto para expressar o desejo que algo aconteça?

Ojalá pode ser traduzida para o português como “tomara”, ou “quem dera”, ou simplesmente “oxalá”. No presente do subjuntivo, ela costuma vir seguida de um “que” + aquilo que desejamos que aconteça:

Ojalá que todo esté bien.Tomara que esteja tudo bem.

Também é possível omitir o “que” e usar “ojalá” com o presente do subjuntivo:

Terminé de estudiar para el examen, ojalá apruebe.Acabei de estudar para a prova, tomara que eu passe.

Da mesma forma, podemos usar “espero que” ou apenas “que” + presente do subjuntivo:

Espero que te mejores pronto.Espero que você melhore logo.
¡Que disfrutes las vacaciones!Aproveite as férias!

Em Que Te Vaya Bonito, do Vicente Fernández, o que não falta são verbos conjugados no presente do subjuntivo expressando desejo. Dê uma olhada na primeira estrofe:

Ojalá que te vaya bonito

Tomara que dê tudo certo para você

Ojalá que se acaben tus penas

Tomara que você não fique mais triste

Que te digan que yo ya no existo

Que te digam que eu não existo mais

Que conozcas personas más buenas

Que você conheça pessoas melhores

Probabilidades e dúvidas

O presente do subjuntivo em espanhol é muito utilizado para expressar uma possibilidade ou uma dúvida e, geralmente, aparece acompanhado de um quizás, tal vez ou puede que:

Quizás hagamos un viaje el próximo año.Talvez a gente viaje no próximo ano.
Tal vez no sea una buena idea.Talvez não seja uma boa ideia.
Puede que tengas razón.Talvez você tenha razão.

Também podemos simplesmente dizer Probablemente, como a música do RUGGERO:

Probablemente, no vuelva a mirarte

Provavelmente, não te verei de novo

Aunque, en las noches, extrañe tu voz

Embora, à noite, sinta falta da sua voz

Probablemente, olvides mi nombre

Provavelmente, você esquecerá meu nome

O tal vez te mueras por verme, como lo hago yo

Ou talvez esteja morrendo de vontade de me ver, assim como eu

No segundo verso, o presente do subjuntivo acompanha a conjunção “aunque”, indicando que a informação apresentada é pouco relevante. Ou seja, apesar de o RUGGERO sentir falta da voz da pessoa para quem ele está cantando, isso não é suficiente para que ele volte a vê-la.

Conselhos, ordens e opiniões

Podemos usar o presente do subjuntivo em espanhol para aconselhar ou recomendar algo à pessoa com quem estamos falando diretamente:

Te recomiendo que escuches el nuevo álbum, ¡está buenísimo!Recomendo que você ouça o novo álbum, é muito bom!

Para dar uma ordem, normalmente usamos o modo imperativo. Mas, se você reparar bem, vai ver que o imperativo e o presente do subjuntivo compartilham algumas formas entre si. Isso vale para o imperativo afirmativo (exceto em tú/vos):

Busquen más información en el libro de cocina.Procurem mais informações no livro de receitas.

E para todas as formas do imperativo negativo, como acontece, por exemplo, no refrão de Envolver, sucesso global de Anitta:

Y no te vaya’ a envolver

E não vá se envolver

Sé que lo hacemos y tú vas a volver

Sei que vamos nos pegar e você vai voltar

Já para expressar uma opinião ou pensamento, o subjuntivo é usado apenas quando se trata de uma negação:

No creo que pueda ir al concierto, no tengo plata.Não acho que eu consiga ir ao show, não tenho grana.

Emoções, sentimentos e apreciação

O presente do subjuntivo também pode ser utilizado para expressar sentimentos em espanhol, como um ponto de vista sobre algo.

Alguns verbos frequentes para isso são: gustar, encantar, odiar, extrañar, molestar, parecer etc. Nesses casos, os verbos são acompanhados do “que”:

A ella le encanta que le digan cosas bonitas todo el tiempo. Ela adora que digam coisas fofas para ela o tempo todo.
Me gusta que hayas venido, te estaba esperando.Gostei que você veio, eu estava te esperando.

Previsão de ações futuras

Podemos conjugar verbos no presente do subjuntivo para falar de ações com valor de futuro. Olha só aqui:

Cuando vuelva del viaje, te lo contaré todo.Quando eu voltar da viagem, vou te contar tudo.
Llámame en cuanto llegues a casa. Me ligue assim que você chegar em casa.

Notou que utilizamos o futuro do presente em português para traduzir as frases anteriores? Pois é, no espanhol, é preferível que você sempre use o presente do subjuntivo.

Então cuidado para não se confundir e sair dizendo “cuando yo volver” ou “cuando tú llegar. Pelo contexto, é até possível entender, mas soa estranho e pouco natural.

Mudança de sujeito e expressões reduplicativas

Para terminar, temos mais dois casos em que o uso do presente do subjuntivo em espanhol é marcante. Se os sujeitos da oração principal e da subordinada são diferentes, usamos o subjuntivo na subordinada. Observe a diferença:

Quiero que vayas al súper conmigo.yo, túQuero que você vá ao mercado comigo.
Quiero ir al súper contigo. → yoQuero ir ao mercado com você.

Também usamos o presente do subjuntivo em frases que repetem a forma verbal para indicar uma ação que acontecerá independente de possíveis impedimentos, como pase lo que pase, digan lo que digan, cueste lo cueste, hagas lo que hagas.

Em Esté Donde Esté, do RBD, podemos ver um exemplo disso:

No tengo suerte

Não tenho sorte

Esté donde esté

Onde quer que eu esteja

Y con quien yo esté

E com quem eu esteja

Apareces tú, estás en mi ser

Você aparece, você está impregnado em mim

Presente do subjuntivo em espanhol: exercícios

Continue aprendendo espanhol

Enquanto não inventam a tão sonhada pílula mágica dos idiomas, o jeito é continuar praticando, certo? ¡Manos a la obra, entonces!

Se você é alguém que adora fazer planos ou está sempre pensando à frente do tempo, não perca essas dicas sobre o futuro simples em espanhol.

futuro simples em espanhol

Letras Academy: um match de músicas e idiomas

Procurando um jeito descomplicado e divertido pra aprender novos idiomas? Conheça o Letras Academy e comece agora mesmo!

Quero começar