Soma Ou Some

ADL MC's

exibições 39.989

[Lord]
Tem muita gente pra colar quando tem
Mas quando tá ruim, eles somem
Tem muita gente pra falar: Vem que tem
Mas quando dá ruim, se escondem
Tem muita gente pra colar quando tem
Mas quando tá ruim, eles somem
Tem muita gente pra falar: Vem que tem
Mas quando dá ruim

[Ducon]
Me diz se soma ou se tu some
Se paga ou só consome
Se tenta correr atrás, ou se quando tá ruim desiste
Se é mermo homem ou só praga de google chrome
Que diz que é sagaz, bandido, mas faz a própria mãe triste
Sem treta, vish, mas mano não tem convite
Pra pela saco que fala que a cela da mente existe
Mas sempre insiste em achar que tudo que assiste
Na tela é realidade, paciência tem limite
Não se emociona, pra fé pedi carona
E no meio da estrada longa eu lembrei do meu irmão dormindo
No quarto em coma, meus pais chorando, uma zona
Enquanto Deus me dizia: Nada mudará o destino
Sem calmaria, eu busco a paz todo dia
Ao lado de quem vigia e sempre que grito me ouve
Luz para os cria que vale a pena por ficha
Mesmo que tudo indique que já estão no game over

[Lord]
Tem muita gente pra colar quando tem
Mas quando tá ruim, eles somem
Tem muita gente pra falar: Vem que tem
Mas quando dá ruim, se escondem
Tem muita gente pra colar quando tem
Mas quando tá ruim, eles somem
Tem muita gente pra falar: Vem que tem
Mas quando dá ruim

[DK]
Vocês não queriam ser rato, seja bem vindo ao esgoto
Hoje é festa no chiqueiro que comece o pula porco
Aproveitei o tempo que andei no fundo do poço
Me organizei pra bagunçar a porra do jogo
Tá tudo mais difícil pra quem mora aqui no morro
Na gaveta eu tenho a maconha, um poema e um 38
Então pergunta aos mcs qual vai ser dessa velhice
Se vocês planta merda na cabeça dos garoto
Sua firma não anda porque vocês desfila
Aqui é só trabalho, 25 horas por dia
Pra apagar o fogo vocês joga gasolina
Mas os menó é liso e vocês só entra de prima
Nós dividimos a fome, um prato de comida
Na hora do banquete nós sabe quem nós convida
São favelas diferentes com histórias parecidas
Pai ausente, a mãe crente, violência e bebida
Quando abaixa a cortina curtidas não são nada
Pra arquibancada olhava e nunca meu pai tava
Só uma coisa eu pensava quando eu tava lá no chão
Que de joelho é bem mais fácil pra fazer minha oração

[Lord]
Ducon, além da loucura
É a tropa é o bicho

E só eu sei o gosto dos reflexo que eu passei
Quantas vezes eu já menti e todas as vezes que eu chorei
As merda que eu ouvi de quem não sangra o que eu sangrei
Sem saber como é ser lorde, invejando onde eu cheguei
Interesses em evidência, eu sinto pena
Se fosse parar pra te explicar você não entenderia
Meu sonho é mais caro pra dinheiro não ser mais problema
O sonho deles mais barato, num balcão de padaria
Sem dormir eu acordei da ilusão
Eu escrevi com fome, sem dinheiro pro pão
Esquentei um café, botei a disposição
Eu fiz minhas escolhas, não fui vítima não
Eu escrevi mais um refrão, não tive pena
Se eu fosse pedir pra eles não ajudaria
Nunca precisei chorar ou apelar pra tá na cena
E agora eles são figuração e nós protagonistas
Minha mãe me deu minha direção, não teste a paciência
Os crias continuístas, favela referência foda
Que a chance é uma só e não dá pra voltar
Então respeite o roterista
E só eu sei quantas mão de falso eu apertei
As mulheres falsa que eu amei, as de fé que eu enganei
As cossa da minha mãe que eu já levei quando eu errei
Quase todos os amigo da onça que eu confiei

[Lord]
Tem muita gente pra colar quando tem
Mas quando tá ruim, eles somem
Tem muita gente pra falar: Vem que tem
Mas quando dá ruim, se escondem
Tem muita gente pra colar quando tem
Mas quando tá ruim, eles somem
Tem muita gente pra falar: Vem que tem
Mas quando dá ruim

Add a playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir