(Era una noche sin ley
era un abrazo sin fin
era una danza feroz y vacía
en tu color me quemé
mi cuerpo lejos de mí
caí en la trampa del fuego que ardía
entre el bronce y el marfil.)

Era ilusão ou alguém
Batia na minha porta ?
Era uma noite sem lei
Esperando por mim.

Foi fácil reconhecer
O rosto, o riso gelado
A boca rosa fatal
Tocando a taça, cristal
Me prometendo prazer
Encenando o seu papel.

Ninguém precisa saber
Detalhes da madrugada
Era o mistério da cor
Entre o bronze e o marfim.

A minha boca sem lar
Bebeu da rosa a promessa
Loucuras da solidão
E só na pele a paixão
E eu nessa dança banal
Laço falso no enlace do amor.

Era uma noite sem lei
Era um abraço sem fim
Era uma dança feroz e baldia
Na cor mais quente queimei
Era o meu corpo sem mim
Joguei no logro do fogo que ardia (ardeu)
Entre o bronze e o marfim.

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir

Posts relacionados

Ver mais posts