Eu sinto angustia meu peito ferido
Nesta noite fria que passo sozinho
Já é madrugada e estou sem dormir
Parece que estou num colchão de espinhos

Já telefonei pra vários amigos
Ninguém tem idéia de onde ela está
A cada minuto é maior meu castigo
Parece que estou vendo ela chegar
Então abro a porta e saio lá fora
Na rua deserta não vejo ninguém
Ouvi o relógio bater quatro horas
O dia amanhece e ela não vem

Pra fugir da angustia que ela deixou
Eu ligo o rádio pra me disfarçar
Já bebi demais e também já estou com a boca
Amarga de tanto fumar

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir
Composição: Benedito Seviero / Maravilhoso · Esse não é o compositor? Nos avise.
Enviada por Lincoln
Viu algum erro na letra? Envie sua correção.