Pó de ouro e gotas de prata
no vidro
Fio azul de teias de opala
subindo das valas

Sinto-me nua, sinto-me fraca
Meu riso
o dia cala, a chuva abafa
Sozinha na sala...

Por que eu preciso de você?
tenho medo de lhe perder...

Você se foi, eu fiquei sem fala
Sem nada!
Tento manter a vã esperança
de vê-lo voltar...

Eu minto pra mim mesma
pra não me detestar
Mas a saudade imensa
faz com que eu queira me matar...

Sozinha eu não tenho nada, meu bem!
Preciso de você...
Me sinto desamparada,
essa dor não cessa dentro do meu ser

Percorre o dia calada
Me deixa...
E as noites desacordadas
Me deixa morrer...

Pó de ouro é o sol na janela
e a prata
é da chuva, fria e bela
E o vento azul é de opala
turvando as valas...

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir

Posts relacionados

Ver mais no Blog