Desde que eu conheci você
já me sinto mudada
Fico o tempo inteiro alucinando
e sonhando acordada

Meu mundo se transformou:
eu vejo que só melhorei
Depois de um beijo seu
provei de um céu,
e ainda nem sei

Se é possível ter você...
Anjo caído, meu diabo possuído,
único capaz de me fazer...
É, você sabe!

E antes que já seja tarde
eu acho melhor te dizer
o quanto...
O quanto eu amo você!

Como a flor que ainda cresce,
o ouro que não envelhece
em recantos perdidos

Seu amor me enaltece
dentro de um ser que enfebrece
em delírio infindos...

A verdade, a pura verdade
soberba verdade
Verdadeiramente única:
feitiço que me acometeu

E a saudade, a saudade inteira
a saudade louca
A saudade grandiosa foi
recíproca como se deu;

Eu conto horas,
parecem semanas...
Uma, duas,
três horas da manhã

E o sono não vem
Será que você está
pensando em mim também?

Nesse escuro, só e calada,
me sinto numa emboscada
Quero correr pela estrada, descalça
pra te achar, no meio do nada

Porque a vida me legou esse destino
E não é preciso esperar mil anos
de castigo
Pra conseguir adentrar esse azul

Tão fundo e limpo
do seu olhar divino
e poder compreender, amor:
Que eu amo você!

Como a flor que ainda cresce,
o ouro que não envelhece
em recantos perdidos

Seu amor me enaltece
dentro de um ser que enfebrece
em delírio infindos...

Sem você estarei perdida para sempre
Não poderei seguir em frente
se não me acompanhar, porque...
...Amor, eu amo você!

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir

Posts relacionados

Ver mais no Blog