Ê Cangaceiro,
Onde mora lampião
Mora junto de São Pedro
Lhe contando a região
Sertão, meu sertão
Onde está Lampião
O famoso cabra da peste
E Maria sua paixão
Nasceu na terra de valente
Onde a faca não só corta cana corta gente
Viveu na terra de valente
Onde a faca dança e roda corta e mata gente
E quem morre primeiro deixa o amigo pra enterrar
É mais uma cruz que marca uma história pra contar

Você recado de gente
De cara valente que nem Lampião
Não tem mais cavalo e nem sela
E seu maço de vela já parou de queimar
Eh Cangaceiro,
Onde mora lampião
Mora junto de São Pedro
Lhe contando a região
Sertão, meu sertão
Onde está Lampião
O famoso cabra da peste
E Maria sua paixão
Nasceu na terra de valente
Onde a faca não só corta cana corta gente
Viveu na terra de valente
Onde a faca dança e roda corta e mata gente
Onde a faca dança e roda corta e mata gente
Onde a faca dança e roda corta e mata gente
Onde a faca dança e roda corta e mata gente
Onde a faca dança e roda corta e mata gente

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir
Composição: Roberto Andrade / Waltinho · Esse não é o compositor? Nos avise.
Enviada por Rafael
Viu algum erro na letra? Envie sua correção.