Você tem que saber enfrentar as coisas
Do modo mais simples como aparecem
Coisas tão banais não vão levar você ao desespero
Você tem que viver sem perder as cores
Você tem que aprender a pisar nas dores
Não precisa beber pra esquecer
Nem precisa sorrir de mentira
E dizer que está feliz
Você vive pregando miçangas
Em fazendas de algodão
Siga o exemplo do meu companheiro
Cristo rei a salvação
Cante a lua que a noite aparece iluminando este lugar
Cante o sol que ao raiar não se esquece de brilhar neste meu chão
Você vive pregando miçangas
Em fazendas de algodão
Siga o exemplo do meu companheiro
Cristo rei a salvação
Cante a lua que a noite aparece iluminando este lugar
Cante o sol que ao raiar não se esquece de brilhar neste meu chão

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir