As vidas se repetem
Segundo os mesmos livros
Por entre os corredores
Infestados de ladrilhos

As vidas se confundem
Com cheiro de novela
Impedem os meus olhos
De enxergar pela janela

Luzes no Horizonte, Luzes no Horizonte

Monotonia eu sinto, monotonia

Longe, longe demais
Das coisas que eu não quero deixar pra trás
O céu se desfaz
Longe de nós

Meus mundos de brinquedo
Aquário aconchegante
Estamos tão felizes
Nos olhando no horizonte

Aromas provocantes
Sorrisos convincentes
Estamos novamente
Espiando pelas frestas

Luzes no Horizonte, Luzes no Horizonte

Monotonia eu sinto, monotonia

Longe, longe demais
Das coisas que eu não quero deixar pra trás
O céu se desfaz
Longe de nós

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir