Sabe numa dessas noites
Quando você está por baixo
Quando você enche a cara
Pra ficar embriagado
Quando você olha em volta
E vê que você está sozinho
Foi numa dessas noites
Que o diabo apareceu no meu caminho

A chuva caía e molhava o meu rosto
Estava tudo tão quieto
e o vento frio congelava o meu corpo
Ele me apareceu vestindo um terno alinhado
Perguntou se eu tinha fogo
E me convidou pra um trago

Eu bebi a noite inteira
A noite inteira com o diabo
Ele disse que se eu quisesse
Podia ter tudo, tudo fácil
Era só beber com ele
E depois fazer um trato
Eu vendi a minha alma ao diabo

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir