exibições 19.267

Muito Tarde

Ben Roots


Queria ter aprendido
Que tudo nunca passa de um sonho
Eu quero poder me livrar
Dessa infinita sensação ruim, ruim, ruim...
Cansei de falar, e beijar e sentir
Tudo da boca pra fora
E não demora
Eu não agüento mais esperar
Pra que essa farsa sua chegue ao fim

Um sentimento verdadeiro
Traído eu não fui o primeiro
Eu sei que não tem como provar
A intuição por inteiro...

Eu não tenho nada concreto
Só o que eu sinto quando você está perto
Imagens me vem e tudo muda num segundo
E eu que não tenho ninguém nesse mundo...

Eu olho ao redor da fumaça
Que me cega e me prende a você...
Eu olho pro céu,
Tenho uma fé que ninguém prega
Eu tento te esquecer...

A mente vazia
Eu nunca sigo uma regra
A cabeça em nada, sem nada
Eu passo dias sonhando em tardes cinzas
Noites de medo e morro de madrugada!

O tempo voa
E eu então me sinto um caco
Todo mundo numa boa
E eu atoa preocupado em coçar saco
Pelo amor de Deus
Que vidinha mais em vão
Porque pior que não ter nada
É ganhar tudo na mão
E ficar triste, isolado e lamentando
Num ter nada pra fazer e sua vida vai passando
E vai me dando uma agonia
Que é todo dia, toda hora
porque eu acho que não nasci pra ficar bem
Eu fico às vezes muito embora...
Vai me dando uma saudade violenta do passado
Quando tdo era perfeito
E parecia estar errado
Quando eu tinha minha vida e meus amigos de verdade
Q agora eu sinto falta pra caralho
Mas só que agora é mto tarde
E todo mundo se virou
E seguiu o seu caminho
Todo mundo já ta longe
E eu aqui falo sozinho
E escrevo, e desabafo
Apoiado em muletas
De passar o sentimento
Pra um papel com uma caneta...

Eu que não fumo
Queria um cigarro
Eu que não amo você...
Eu que não fumo
Queria um cigarro
Eu que não amo vc...
Eu q não fumo
Queria um cigarro
Eu que não bebo
Queria um conhaque
Eu que não amo você
Eu que nunca amei você...

Meu sentimento e o meu apelo
Pessoas vêem que o que eu passo não é teatro
É dentro de mim que acontece mto pouco
Mas não da pra extravazar
Pois vão me chamar de louco!

Então reclamo do meu jeito
E eles sempre tentam dar um jeito
Pra eu parar de incomodar
Pra me deixar distante
Eu reconheço que antes disso
Tem coisa mais importante...

Sei que não sou um cara esperto
Muito melhor nem ficar ninguém por perto
Meu humor é muito incerto
Assim como o que me passa dentro do meu pensamento

Sei que sou inconstante às vezes
Por mais q essas vezes
Sejam cada vez mais vezes
Sei que sou mto fraco às vezes
Por mais que muita gente
Me diga o contrário
Sei que amei mtas vezes
Por mais que dessas vezes
Não me amaram de volta
Sei que sou forte às vezes
Só não suporto a sensação
De ser feito de idiota!

Por mais que mta gente
Me diga o contrário
Eu não suporto a sensação
De estar sendo feito de otário!

O tempo voa
E eu então me sinto um caco
Todo mundo numa boa
E eu atoa preocupado em coçar saco
Pelo amor de Deus
Que vidinha mais em vão
Porque pior que não ter nada
É ganhar tudo na mão
E ficar triste, isolado e lamentando
Num ter nada pra fazer e sua vida vai passando
E vai me dando uma agonia
Que é todo dia, toda hora
porque eu acho que não nasci pra ficar bem
Eu fico às vezes muito embora...
Vai me dando uma saudade violenta do passado
Quando tdo era perfeito
E parecia estar errado
Quando eu tinha minha vida e meus amigos de verdade
Q agora eu sinto falta pra caralho
Mas só que agora é mto tarde
E todo mundo se virou
E seguiu o seu caminho
Todo mundo já ta longe
E eu aqui falo sozinho
E escrevo, e desabafo
Apoiado em muletas
De passar o sentimento
Pra um papel com uma caneta...

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir