Elza Soares: as melhores músicas para apreciar a carreira da cantora

Listas musicais · Por Camila Fernandes

6 de Maio de 2021, às 19:00

Elza Soares é um patrimônio da música brasileira. Apesar de não compor músicas, sua voz e interpretação inigualáveis deram a ela uma das carreiras de sucesso mais longas da história. 

E por falar em história, a vida de Elza Soares, a mulher do fim do mundo parece até um filme. 

Elza Soares
Créditos: Divulgação

Dentre as centenas de músicas que tiveram a honra de ganhar a interpretação da cantora, é claro que existem algumas que ocupam um lugarzinho especial no coração dos fãs.

Hoje um dos temas mais presentes nos sucessos de Elza é a opressão e o preconceito, seja racial, social ou de gênero. É por isso que ela se tornou uma voz de luta e resistência. E aí, bora conferir as melhores músicas de Elza Soares?

As 15 melhores músicas de Elza Soares

A lista de sucessos é longa, mas com essa seleção já dá pra sentir um gostinho da irreverência de Elza Soares!

A Carne

A Carne foi originalmente gravada pelo grupo Farofa Carioca em 1998, e tem Seu Jorge como um de seus compositores. Elza pediu para gravar uma versão da música em 2002, porque acreditava que a letra era um grito contra o racismo que precisava ser ouvido.

E ela tinha razão, né? Infelizmente, a letra ainda condiz muito com a realidade. 

Maria da Vila Matilde

Enquanto A Carne aborda o racismo, Maria da Vila Matilde traz outra questão tão importante quanto: a violência contra a mulher. 

Com o trecho cê vai se arrepender de levantar a mão pra mim, a música dá voz a movimentos de luta pelos direitos femininos, principalmente o direito de viver sem ter que se submeter a nenhum tipo de violência. 

E por falar em feminismo, vem conferir outras mulheres que marcaram a música brasileira!

Mulher do Fim do Mundo

Mulher do Fim do Mundo pode ser sobre qualquer mulher, mas é, acima de tudo, sobre Elza. Um dos sucessos mais recentes desta lista, a música é uma exaltação à história da cantora, e um lembrete de que ela continua com força total.

Eu Bebo Sim

Elza Soares é mestre na quebra de estereótipos e preconceitos, e talvez por isso, não havia ninguém melhor para regravar o sucesso Eu Bebo Sim depois da morte de Elizeth Cardoso.

Espumas Ao Vento

Espumas Ao Vento ficou famosa na voz de Elza Soares depois de entrar para a trilha sonora de um clássico do cinema brasileiro: Lisbela e o Prisioneiro, de 2003. 

O Que Se Cala

Conhecida por interpretar músicas de protesto contra diferentes problemas sociais, em O Que Se Cala Elza vai ainda mais além: a música faz refletir sobre o Brasil, sua história, seus preconceitos e sua luta

Minha voz, uso pra dizer o que se cala
O meu país é meu lugar de fala

Canções de protesto: relembre 10 músicas inesquecíveis

Libertação (part. BaianaSystem e Virgínia Rodrigues)

Com um toque delicioso da música baiana, Libertação traz uma mensagem de força e esperança. O refrão traz a palavra agô, do iorubá, um pedido de licença ou permissão para algo, comumente para algum tipo de passagem.

A Coisa Tá Preta (part. MC Rebecca)

A Coisa Tá Preta, parceria de Elza com MC Rebecca, tenta ressignificar uma frase muito comum e que muitos não percebem que é carregada de racismo. 

Por que que a fome é negra
Se negra é a beleza?
Se todo mundo canta e tá feliz
É que a coisa tá preta

Negão Negra (part. Flávio Renegado)

Negão Negra é uma parceria de Elza com o cantor Flávio Renegado, como a letra diz: um protesto contra o racismo estrutural, barra pesada.

Pra cada um que cai, choramos rios e mares
Mas nunca calarão as nossas vozes milenares

Banho

Escrita pela cantora e compositora Tulipa Ruiz, Banho foi gravada por Elza Soares em parceria com o grupo Ilú Obá De Min, cujo nome significa mãos femininas que tocam tambor para Xangô.

Foi Você, Fui Eu (part. Liniker e Os Caramelows)

Pois é, como vocês já perceberam, Elza Soares é adepta às melhores parcerias possíveis. Foi Você, Fui Eu é uma linda parceria da cantora com Liniker, que fala de forma super sensível sobre o fim de um relacionamento.

Se você curte essas colaborações entre artistas, vem conferir outras parcerias de sucesso na música brasileira!

Capital do Tempo

Depois dos sucessos recentes, voltamos para a década de 70 com Capital do Tempo. O samba composto por Jorge Aragão e Jotabê faz lembrar os inúmeros povos e culturas que formaram o povo brasileiro. 

Beija-me

Beija-me voltou a fazer sucesso depois de ser escolhida como parte da trilha sonora da novela Salve-se Quem Puder, com a voz da cantora Ludmilla, mas pouca gente sabe que bem antes disso ela já foi interpretada por Elza Soares.

Conheça a trilha sonora da novela Salve-se Quem Puder

Se Acaso Você Chegasse

Seguindo com os sucessos antigos, não podia faltar Se Acaso Você Chegasse, outro samba que fez sucesso com a voz de Elza na década de 60.

Na Pele (part. Pitty)

Para finalizar a lista, mais uma grande parceria de Elza Soares, dessa vez com a cantora Pitty. Na Pele fala sobre as marcas que a vida deixam no corpo e sobre como cada uma delas representa o que nós somos.

Confira a análise da música Maria da Vila Matilde

E aí, gostou de relembrar as melhores músicas de Elza Soares? Então, vem conferir a análise da música Maria da Vila Matilde, um dos maiores sucessos da cantora!

Maria da Vila Matilde

Receba os melhores posts do blog em seu e-mail

Assine a newsletter gratuitamente e descubra mais sobre o mundo da música


Por favor, insira um e-mail válido.

Obrigado por assinar a nossa newsletter! 😊

Ops, rolou um erro na inscrição. Tente novamente mais tarde.