A biografia de Madonna: conheça a trajetória da Rainha do Pop

Biografias · Por Renata Arruda

10 de Junho de 2021, às 19:00

Uma das artistas mais importantes do mundo, Madonna ganhou o título de Rainha do Pop e não foi à toa. A cantora soube como ninguém conduzir a sua carreira, conseguindo se reinventar e se manter relevante ao longo dos anos.

Aos 62 anos, ela é uma das maiores vendedoras de discos da história, com um repertório repleto de hits como Vogue, Like A Virgin, Frozen, Music e muitos outros.

Vem saber mais sobre a biografia da Madonna e conhecer a trajetória de sucesso da Rainha do Pop!

Madonna: a biografia da Rainha do Pop

Madonna Louise Ciccone nasceu em 16 de agosto de 1958, em Michigan, nos Estados Unidos. Filha de Madonna Louise Fortin e Silvio Anthony Ciccone, aos cinco anos ela sofreu um dos maiores traumas da sua vida: perder a mãe para um câncer de mama.

Madonna quando criança
Créditos: Divulgação

Mais tarde, seu pai se casou com Joan Gustafson, governanta da família, o que gerou revolta na menina, que entendeu a relação como uma traição à memória da mãe. Isso fez com que o relacionamento entre eles se mantivesse distante durante alguns anos.

Terceira de seis irmãos, Madonna cresceu sentindo-se solitária. Foi na música e na dança que ela encontrou algum consolo: começou a estudar piano ainda criança e, aos 12 anos, já era uma bailarina experiente.

Aluna exemplar, acabou recebendo uma bolsa para o curso de dança da Universidade de Michigan. No entanto, Madonna largou a graduação para integrar renomados grupos de dança em Nova York.

Morando sozinha na cidade, a cantora foi vítima de estupro enquanto retornava de um ensaio: dois homens armados com faca a cercaram e obrigaram a fazer sexo oral. O episódio foi mais um trauma na vida de Madonna, que sentiu que não poderia se salvar mesmo aparentando ser uma garota forte.

O início da carreira de Madonna

A carreira como cantora começou em 1979. Ela foi aprovada no teste para se apresentar como dançarina e backing vocal do cantor francês Patrick Hernandez. Foram três meses de turnê na Europa, antes de retornar para Nova York.

Patrick Hernandez e Madonna
Patrick Hernandez e Madonna / Créditos: Divulgação

Lá, ela se juntou ao seu então namorado Dan Gilroy e formou a banda Breakfast Club, na qual  cantava e tocava bateria e guitarra. Na mesma época, Madonna também atuou em seu primeiro filme, a produção indie A Certain Sacrifice, lançado apenas em 1985.

Em 1980, ela deixa a banda e forma uma outra, chamada Emmy and The Emmys, com seu ex-namorado Stephen Bray. No ano seguinte, decide tentar carreira solo e consegue assinar um contrato para lançamento de singles, com ajuda de Mark Kamins.

Seu primeiro single, Everybody, foi lançado em 1982. Em 1983, foi a vez de Burning Up chegar às lojas. Ambas as músicas alcançaram a terceira posição nas paradas de dance music da Billboard.

Madonna: o início do sucesso

O primeiro álbum de Madonna chegou ao mundo em 1983. Tendo apenas o nome da cantora como título, o disco trazia 8 canções, quase todas compostas pela cantora, entre as quais grandes hits como Holiday, Borderline e Lucky Star.

O sucesso foi estrondoso. Madonna acabou se transformando também em um ícone fashion, tendo seu estilo copiado por inúmeras mulheres pelo mundo. Porém, foi com o segundo álbum, Like a Virgin, que ela se firmou como a grande estrela da música pop.

Desafiando o conservadorismo estadunidense, com Like a Virgin a cantora foi acusada de atentar contra os valores familiares. No entanto, o disco foi aclamado e provou que Madonna tinha vindo para ficar.

Capa do álbum Like a Virgin, da Madonna
Capa do álbum Like a Virgin / Créditos: Divulgação

Em 1985, a artista estreou oficialmente no cinema com a comédia Procura-se Susan Desesperadamente, de Susan Seidelman. 

Quebrando tabus

Após o bem-sucedido True Blue, de 1986, que em 1992 era o álbum feminino mais vendido do mundo, a cantora fez outras aparições no cinema. Uma das mais expressivas foi sua participação no filme Quem É Essa Garota?, para o qual também gravou quatro músicas.

Em 1989, Madonna foi novamente alvo de críticas após o lançamento do vídeo de Like a Prayer, que trazia uma mistura de sexo e religião. O Vaticano condenou a obra e grupos religiosos protestaram contra a cantora. No entanto, a canção foi um sucesso.

Anos 90

Nos anos 90, Madonna fundou sua empresa Maverick, que consistia em uma gravadora, a Maverick Records, responsável por lançar artistas como Alanis Morissette, além de uma produtora cinematográfica. 

Ela ainda causou polêmica ao lançar, simultaneamente, o álbum Erotica e o livro Sex, com conteúdo erótico explícito. Foi também nesta época que ela excursionou com a turnê The Girlie Show, apostando na estética BDSM.

Capa do álbum Erotica, da Madonna
Capa do álbum Erotica / Créditos: Divulgação

No cinema, Madonna interpretou Evita Perón no filme Evita, de 1996, recebendo um Globo de Ouro pela sua atuação. Durante as gravações, a cantora descobriu que estava grávida de sua primeira filha, Lourdes Maria.

Depois de um período em baixa, a cantora retornou triunfalmente com o icônico Ray Of Light, considerado pela crítica especializada como um dos melhores álbuns da sua carreira. 

Influência de Madonna na cultura pop

Madonna é considerada como a artista feminina mais influente da música pop. Mais do que uma estrela da música, a artista é considerada como um ícone da cultura global, tendo revolucionado o papel das mulheres na indústria.

A coragem de Madonna de quebrar tabus conservadores sobre sexo, nudez, religião e autonomia feminina abriu caminhos para que outras artistas não tivessem medo de se expressar.

Além disso, a cantora ainda é considerada como um modelo a ser seguido no universo dos negócios por ter conquistado o controle financeiro da sua própria carreira, algo pelo qual as mulheres lutavam há anos no ramo do entretenimento.

Diretora de cinema

Além de ter estrelado mais de 15 filmes, Madonna também se aventurou por trás das câmeras. A sua filmografia como diretora conta com dois longas e um curta:

  • Sujos e Sábios (2008);
  • W.E. O Romance do Século (2011);
  • Secret Project Revolution (2013).

A carreira hoje

Com 14 álbuns de estúdio lançados, Madonna é a artista feminina que mais vendeu discos no mundo. Com inúmeros singles de sucesso e vencedora de vários prêmios, a cantora atuou em inúmeras áreas: moda, cinema, literatura infantil, clube fitness e negócios.

Madonna
Créditos: Divulgação

Engajada, ela ainda fundou duas instituições de caridade, a Ray of Light Foundation e a Raising Malawi.

Seu álbum mais recente, Madame X, foi lançado em 2019 e contou com a participação do colombiano Maluma e da cantora Anitta, com quem gravou a música Faz Gostoso.

Frases de Madonna

Curtiu saber mais sobre Madonna e sua biografia? Então aproveita e vem relembrar as 45 melhores frases da Madonna!

Frases Madonna

Leia também:

Receba os melhores posts do blog em seu e-mail

Assine a newsletter gratuitamente e descubra mais sobre o mundo da música


Por favor, insira um e-mail válido.

Obrigado por assinar a nossa newsletter! 😊

Ops, rolou um erro na inscrição. Tente novamente mais tarde.