Relembre as 15 melhores músicas de Amy Winehouse

Listas musicais · Por Érika Freire

23 de Julho de 2020, às 19:00

A vida conturbada de Amy Winehouse não foi empecilho para que ela mostrasse ao mundo a sua voz impressionante. A rainha do soul britânico, infelizmente, entrou para a fatídica lista do Clube dos 27 quando morreu, no dia 23 julho de 2011.

Amy Winehouse
Créditos: Divulgação

Se estivesse viva, Amy completaria 37 anos em setembro e certamente teria expandido ainda mais o seu talento. Lançou apenas dois álbuns de estúdio: Frank e Back To Black, sendo este último o grande responsável por impulsionar seu nome no cenário da soul music.

Além da voz marcante e talento inquestionável, todos ficaram fascinados com a jovem de aparência frágil e visual excêntrico que cantava Rehab.

Amy deixa saudades, mas o seu legado permaneceu pra gente relembrar agora:

As melhores músicas de Amy Winehouse        

Confira a seleção que preparamos das melhores músicas de Amy Winehouse, para relembrarmos juntos os maiores sucessos da diva soul. Veja só um pouquinho do que vem por aí: 

Back To Black

Back To Black também dá nome ao segundo álbum gravado por Amy e foi escrita por ela com a ajuda de seu produtor, Mark Ronson. 

A letra, assim como praticamente todas as demais do álbum, foram escritas inspiradas no relacionamento da cantora com Blake Fielder-Civil. 

You Know I’m No Good

Mais uma canção que fala sobre a relação conturbada entre Amy e Blake Fielder-Civil.

De forma muito honesta, a letra de You Know I’m No Good retrata traições, culpa, encontros e desencontros. A canção se tornou um dos maiores sucessos do álbum Back To Black.  

Valerie

Música da banda The Zutons e interpretada por Amy depois que seu produtor Mark Ronson convidou a cantora para uma colaboração no disco Version

A ideia era que Amy escolhesse alguma música de uma banda de rock da atualidade e a escolhida foi Valerie, que se tornou um sucesso mundial.  

Rehab

Rehab foi a canção responsável em levar o nome de Amy Winehouse ao estrelato. O hit estourou em 2006 ao falar sobre a dependência de Amy com drogas e álcool e as inúmeras tentativas de reabilitação.  

Tears Dry On Their Own

Apontada como a música de melodia mais otimista do álbum Back To Black, Tears Dry On Their Own traz outras lembranças da relação com Blake Fielder-Civil. A canção apresenta trechos de Ain’t No Mountain High Enough de Marvin Gaye.   

Love Is a Losing Game

É incrível notar a entrega de Amy em suas composições e Love Is a Losing Game expressa as suas angústias diante de Blake, com quem ela se casou em 2007, mas já mantinha uma relação desde 2005.   

Stronger Than Me

Stronger Than Me está presente no primeiro disco de Amy, Frank, lançado em 2003. A letra fala sobre o descontamento da mulher em notar que ela é mais forte e parece fazer o “papel do homem” na relação. 

O videoclipe acompanha o desdobramento da letra e mostra Amy e seu namorado bêbados. 

Wake Me Up Alone

Amy deve ter escrito Wake Me Up Alone depois de uma briga com Blake ou entre as indas e vindas deles, pois a letra fala sobre ausência. 

A personagem lamenta acordar sozinha e está tentando se manter bem e ocupada. Foi a primeira canção do álbum Back To Black a ser gravada por ela.  

Me & Mr. Jones

Me & Mr. Jones foi inspirada na canção de 1972, Me and Mrs. Jones escrita por Kenny Gamble, Leon Huff, e Cary Gilbert e interpretada por Billy Paul.

Na letra criada por Amy, ela diz que ninguém tem que se meter entre ela e seu homem.   

Some Unholy War

Em Some Unholy War, Amy revela o seu companheirismo e devoção ao ex-marido Blake Fielder-Civil, e fala que estaria sempre firme ao seu lado, que não importa qual seja a situação, ela se recusa a desistir dele. Some Unholy War também faz parte do álbum Back To Black.  

Fuck Me Pumps

Fuck Me Pumps foi escrita por Amy Winehouse e Salaam Remi e faz uma espécie de crítica a respeito de garotas que se vestem de forma estratégica para conseguirem um cara rico. 

Addicted

Addicted mostra mais uma vez a sinceridade que Amy colocava em suas composições. Sucesso do segundo álbum, a canção tem um jeitão irônico ao falar de um cara que fuma toda a erva dela. 

He Can Only Hold Her

Com ritmos do R&B contemporâneo, He Can Only Hold Her fala sobre um convívio cheio de conflito entre duas pessoas que aparentemente se amam, mas são incapazes de acolher um ao outro.  

What Is It About Men?

What Is It About Men? foi escrita por Winehouse, Matt Rowe e Stefan Skarbek. A letra é um questionamento de afinal, o que querem os homens? e ao mesmo tempo é um reconhecimento de Amy sobre sempre escolher o cara errado.

Just Friends

Música com sonoridade um pouco diferente das demais faixas do álbum Black to Black, Just Friends tem a mesma temática: os conflitos de relacionamento.

É como se Amy tivesse dado conta que ser apenas amigos era a melhor saída para eles.  

Conheça a história da música Valerie

Um grande sucesso na voz de Amy Winehouse, esta música é um cover da banda The Zutons e foi inspirada em um romance. Conheça a melhor a história por trás da música Valerie.

História da música Valerie

Mais conteúdos incríveis pra você!

Receba os melhores posts do blog em seu e-mail

Assine a newsletter gratuitamente e descubra mais sobre o mundo da música


Por favor, insira um e-mail válido.

Obrigado por assinar a nossa newsletter! 😊

Ops, rolou um erro na inscrição. Tente novamente mais tarde.