exibições 13.969

Em direção ao calvário
Puseram o meu Jesus
Com toda força
Em seus ombros
Uma grande e pesada cruz
Tanto foi o sofrimento
Que não passava o tempo
Mas suportou
Pensando em mim

E agora somente espera
Que não venhamos esquecer
De a ele entregar toda glória
O louvor, a força e o poder
E em sinal de gratidão
Devemos sempre o exaltar
Levantar as nossas mãos
Para sempre o adorar

À Ele toda honra
À Ele toda glória
Ao cordeiro que venceu
À Jesus filho de Deus