Na vida há fases de incerteza
Tempo obscuro de tristeza
Quando a dor vem, bate forte
Parece inevitável a morte
Sentimos medo de sofrer
Bem machucados de viver
Não conseguimos ver saída
Pra que viver?
Pra que a vida?

O coração não se entende
A depressão está a frente
Como livrar-me do que sinto
Amargo como o absinto
Sinto que o céu está fechado
O vento contra me atinge
Não há ninguém que disto escape
Deus onde estás que não te vejo?

Eu preciso crer que ele pode
Dar a vida ao morto
Repreendendo a morte
Não há situação que não resolva
Criou o céu e a terra
Saberá me dar um norte

Rebeca teve um encontro
Jacó teve um encontro
A samaritana teve um encontro com Deus
Eu vim ter um encontro
Eu preciso de um encontro
Hoje eu clamo por um encontro meu Deus

Desesperado grito
Vem ao meu encontro
Vem ao meu encontro, Deus

Desesperado grito
Vem ao meu encontro
Vem ao meu encontro, Deus

Hoje ele veio
Veio ao meu encontro
Veio ao meu encontro, Deus

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir