Não há amor a toa
Não há a paz eterna
Para a guerra descansar
Não cabe nesse agora
Não há de ser lá fora
E eu aqui a sua volta
Fazendo você respirar

A minha rua eu moro numa rua
A minha casa
Eu moro numa casa de ilusão
E tudo que tem dentro dela
Tudo remete aquela velha minha solidão

Não há amor a toa
Não há a paz eterna
Para a guerra descansar
Não há tristeza em volta
Quando há sorriso em troca
E eu aqui a sua volta
Fazendo você respirar

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir

Posts relacionados

Ver mais no Blog