No final do corredor polonês da inclusão
Ganhei meu moletom azul com numeração
Fundamentado no forte apelo da mídia
O juiz me deu 3 de medida sócio educativa
Sou o mais novo menor da fundação casa
Outra vítima da data comemorativa fabricada
O marketing agressivo foi injetando materialismo
Até eu ser apreendido por latrocínio
Me convidou pra conhecer o novo nome, a nova pintura
Da FEBEM criada na ditadura
Conhecer os funcionários selecionados e adestrados
Pra ver adolescente como lixo não reciclável
O trabalho pedagógico vai me graduar
P'reu rajar o agente quando ele sair pra almoçar
Simultânea direção pondo no cu meus 7 mil mensais
Absolvo técnicas de corre nas oficinas culturais
Fui internado sonhando com iphone 5
Agora quero estouro no 33 e chapa de absinto
Sou o criminoso mais temido do estado
O que o esquadrão de elite põe máscara pra pegar o caso
To na versão teen de Tadmor, La Sante
Gitarama, Bang Kwang, ADX, Drapch
Enquanto o futuro genocida curte parque temático
O futuro da nação apodrece no playground do diabo

Vem brincar comigo no playground do diabo
Aprender matar policia, burlar segurança de abastado
Vem brincar comigo no playground do diabo
Concluí o curso primário pra adulto condenado

Quando invadi a sala de projeção do Cinemark
Pra catar a bilheteria da manhã e da tarde
Quem deveria encabeçar a lista dos procurados
É quem tinha a função de me libertar regenerado
Ficar de cueca na tranca foi muito didático
Tanto quanto ficar o dia inteiro em pé algemado
Nu no pátio aprendi que sem a má repercussão
Autorizavam um Carandiru mirim na fundação
Quem me rotula como monstro sem recuperação
Deveria ir na matinê ver oque o filho chama de diversão
Tenho muito menos potencial marginal
Do que o riquinho na hidropônica, bala cristal
Incorrigível é quem olha pra grade amarela
E não vê que a cura do Parkinson, Alzheimer ta atrás dela
O adolescente infrator é o bode expiatório do brasil
Mas só meio por cento ta preso por latrocínio 18 mil
O fuça tinha que espancar é os governantes da nação
Por corromper menor em centro de correção
O SENAI com curso pra Baby Eagle ponto 30
Matou minha meta ingênua de escoteria e P.S. Vita
Banqueiro se eu pular o muro de sete metros
A SilverPoint vai rasgar seus órgãos em milésimos
Vou te mostrar o autêntico ressocializado
Pelos Norman Bates do choquinho no playground do diabo

Vem brincar comigo no playground do diabo
Aprender matar policia, burlar segurança de abastado
Vem brincar comigo no playground do diabo
Concluí o curso primário pra adulto condenado

No nosso Magic Kingdom não existe alegria
A média é de 3 menores espancado por dia
Assim que as comissões saem sem dar flagrante
É porrada e bicuda até eu mijar sangue
Quando for pedir injeção letal se lembre
Que o brasil já tem pena de morte pra adolescente
Igual em manaus é só preparar a filmadora
Pra gravar a PM baleando menor a queima roupa
O prêmio por confiar num governo terrorista
É ter que se despir na revista íntima
Usam a boa fé popular dos renegados do Brasil
Pra por a juventude pobre no cárcere juvenil
Se não me quer enquadrando sua loja de conveniência
Não trabalhe pela minha reincidência
Peça pena severa pra quem me dá artilharia
Que culmine em ferimento fatal em dono de pizzaria
O tumor nacional não ta internado na carceragem
Ta vendo o índice Dow Jones na poltrona de massagem
Não é o menor carente que desperdiça 80 bilhões
Com óbito prematuro em vielas e pavilhões
Eles mereciam chumbo, execração, linchamento
Se voassem com avião da FAB pra casamento
Salve Madiba (Mandela) seu raciocínio é válido

Pra julgar um país só conhecendo seus playground do diabo
Vem brincar comigo no playground do diabo
Aprender matar policia, burlar segurança de abastado
Vem brincar comigo no playground do diabo
Concluí o curso primário pra adulto condenado

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir
Composição: Carlos Eduardo Taddeo. Essa informação está errada? Nos avise.

Posts relacionados

Ver mais posts