Não quero que reflita em meu rosto
Sombras, cinzas, impurezas desse ar
Olho o céu e o vejo mais escuro
Quero vê-lo brilhar
Como os raios coloridos deste sol.

Essa liberdade que nunca chega
De portas trancadas, preciso sair
Eu quero sentar num banco de um jardim
Pensando em poder achar um mundo assim
Com flores astrais ao redor de mim
Quero um vale verde pra que eu possa respirar enfim.

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir