Por tudo que ainda é preciso passar
Não é de exigir nem de agradar
É mesmo só de agradecer

Mesmo que a luz do dia não se possa ver
Apesar da agonia de um não receber
É mesmo só de agradecer

Nada pra tomar pra si
Tudo ofertar de si

Mesmo que o gosto seja como fel
Para a linha ainda do limite do céu
É mesmo só de agradecer

Quando o fracasso é igual ao sucesso
Não se espera o regaço nem se faz em excesso
É mesmo só de agradecer

Cala pra calmar e ouvir
Tudo amor vai resistir

No balanço do sentir e da razão
Sem apego ou aversão
A todo drama assiste

Sem espanto bem no fim da confusão
Entre prêmio e punição
A liberdade existe

Não é mais de se perder
Resta só o agradecer

Dhanyavad
Dhanyavad
Dhanyavad
Dhanyavad

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir

Posts relacionados

Ver mais posts