Sonhei que eu era um balão dourado
E debruçado no manto estrelado do céu
Eu via povo cantando embalado
Como na ginga de um carrossel

No sonho eu via a sanfona e a zabumba
Batendo tão forte, parecendo um coração
No ting-ling do triângulo
A poeira que sai do chão

Mais um licor pra embebedar o coração
Pois nesse passo ao som do arrasta-pé
Até o amanhecer seja lá o que Deus quiser
Voei, voei
Pra o meu amor encontrar
E quando beijei o teu rosto, a Lua veio nos admirar

É que era São João
E mais ardente o amor se dá
Junto à chama da fogueira
Novos sonhos vão rolar

Riacho do navio, corre pro Pajeú
E o rio Pajeú vai despejar
No São Francisco, o rio São Francisco
Vai bater no meio do mar, la iá
O rio São Francisco
Vai bater no meio do mar

Se eu fosse um peixe, ao contrário do rio
Nadava contra as águas
E nesse desafio caía lá do mar pro riacho no navio
Eu ía diretinho pro riacho no navio
Rever o meu ranchinho
Fazer minhas açada
Ver as pegá de boi, andar na vaquejada
Dormir ao som do chocalho
E acordar na passarada, sem rádio, sem notícia
Da terra civilizada

Ô, meu amor, não vá se embora, não vá se embora
Ô, fique mais um bocadinho, um bocadinho
Se você for seu nego chora, seu nego chora
Vamos ficar mais um tiquinho, mais um tiquinho
Quando eu entro numa farra
Eu não quero sair mais não
Eu vou até quebrar a barra
E pegar o Sol com a mão

O candeeiro se apagou
O sanfoneiro cochilou
E a sanfona não parou
E o forró continuou
O candeeiro se apagou
O sanfoneiro cochilou
E a sanfona não parou
E o forró continuou

Você vacilou
Você vacilou
Você vacilou
Você vacilou
Não quis, não viu, não dançou
Aquela música alegre
Olho com olha na brasa
Na beira da fogueira
Boca com boca se fala, no dia da feira
No dia da feira

Agora a sanfona começa à tocar
Agora a sanfona começa à tocar
No céu as estrelas são muitas eu vejo
São muitas são tantas são tantas eu vejo
Enquanto a espiga de milho não assa
Enquanto a espiga de milho não assa, ai, ai
Vem brincar de balão, vem

Vem brincar de balão beijo... Beijo
Brincar de balão
Brincar, brincar de balão beijo, beijo
Brincar de balão
Brincar de balão, beijo, beijo

Mais você vacilou
Mais você vacilou

Eu quero ver pega pega no salão
É forro à noite inteira é noite de são João
Eu quero ver pega pega no salão
É forro à noite inteira é noite de são João

Eu quero ver pega pega no salão
É forro à noite inteira é noite de são João
Eu quero ver pega pega no salão
É forro à noite inteira é noite de são João

Eu hoje quero ser pé de moleque
Vou atrás de você pra ver qual é?
Pegar na tua mão numa ciranda
Pra ver comé que anda o amor dessa mulher

Eu hoje quero ser pé de moleque
Vou atrás de você pra ver qual é?
Pegar na tua mão numa ciranda
Pra ver comé que anda o amor dessa mulher

Que é de fogo arde e dói o coração
Sobe que nem um balão, faz a gente viajar
Parece estrela em noite de são João
Feito chama de fogueira eu fico doido de tesão

Eu quero ver pega pega no salão
É forro à noite inteira é noite de são João
Eu quero ver pega pega no salão
É forro à noite inteira é noite de são João

Eu hoje quero ser pé de moleque
Vou atrás de você pra ver qual é?
Pegar na tua mão numa ciranda
Pra ver comé que anda o amor dessa mulher

Que é de fogo arde e dói no coração
Sobe que nem um balão, faz a gente viajar
Parece estrela em noite de são João
Feito chama de fogueira eu fico doido de tesão

Eu quero ver pega pega no salão
É forro à noite inteira é noite de são João
Eu quero ver pega pega no salão
É forro à noite inteira é noite de são João

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir