Sei que cê tem um pai pra lhe abraçar
Queria ter o meu também, mas tudo bem
É foda saber que não vai voltar aquele alguém
Passam-se quatro anos, mas a saudade eu sei que nem
imaginava como o dia ia ser
Se acontecesse com o agora e eu não tivesse você
Meu caderno me consola, não deixa que eu fico na sola
Pego a caneta e minhas letra consequentemente, rola

E eu vejo os mano da minha idade se perdendo ae
As lembrança sua não deixa eu me perder
Quando eu tô triste e quero chorar
Vou no meu quarto apago a luz e não deixo ninguém escuta
E meu único desejo é que você esteja em paz
Não questiono a vontade de Deus ele sabe o que faz
Mas vou esquecer, do dia em que você partiu
E só vou lembrar daqueles momento mil grau

Onde eu e você tava alí, feliz da vida, alegre e com vontade de sorrir
Pai, você me ensinou a ser bom meu deu o sangue negro
Onde transmitiu o meu dom
E hoje, eu posso afirmar assim:
que quero ser pros meus filho, igual você foi pra mim
O melhor pai do mundo, melhor amigo mano
Pena que nois vivemo juntos somente treze ano
As feijoadas, nem são as mesmas morô
Os churrasco não são tão bom, igual quando cê temperou

Os jogo do tricolor, nem faz mas eu feliz
Se não tiver você ali do lado pra xingar o juiz
Sei que cê tá em um lugar bom de verdade
Onde tem pessoas de coração puro e sem maldade
Sua humildade, é algo que eu não vou esquecer
Nunca vou conhecer alguém mais humilde do que você
Agradeça a Deus por ter um pai pra lhe abraçar
Enquanto eu agradeço por ter conhecido o meu
Agradeça a Deus por ter um pai pra lhe abraçar
Enquanto eu fecho o olho e imagino eu abraçando o meu

Sempre que eu tô perdendo eu lembro de você
Do nada me dá força, inspiração pra mim vencer
Ei velho, cê sempre me dizia assim:
Filho eu acredito em você, até o fim.
Isso foi enchendo o meu coração de coragem
Pra qualquer canto que eu vou, eu lembro da sua mensagem
E se eu pudesse dar meu dom do rap
Eu daria, só pra retornar o passado em momentos de alegria
Olho o portão e imagino que cê foi trampa
E que depois que passar das sete você vai voltar

Daí dá sete horas e eu penso mais nisso
Oro pra Deus me confortar e que eu não pense mais isso
É foda olhar o banco vazio na reunião dos pais
E que a minha mãe pra pagar dívida, não sabe mais o que faz
Lembro que cê dava jeito pra tudo ser bom outra vez
E já que cê não tá aqui, agora é minha vez
Prometo lutar cada dia contigo a cada dia
Em transformar cada dívida paga em alegria, ó pai
Queira saber que você foi tão bom pra mim
e mesmo que eu queira, nunca vou amar alguém assim
Pai gravei o cd esses dia, pede pra Deus estender a mão

e iluminar minhas correria
E com o dinheiro, prometo farei igual você faria
Primeiro a casa né não? Primeiro a família
Lembra de quando nois falava que ia ganhar um dinheiro
trampando ou na mega sena pra sair do lamaceiro
Queria que a molecada que reclama do pai
Vivesse quatro anos sem ele pra ver a falta que faz
Desculpe amigo, seu pai ta aí aproveite bem
Embora cê não veja, mal sabe a sorte que tem
E sempre que você for reclamar sem ter motivo

Dobra o joelho e agradece a Deus pelo teu pai tá vivo
Agradeça a Deus por ter um pai pra lhe abraçar
Enquanto eu agradeço por ter conhecido o meu
Agradeça a Deus por ter um pai pra lhe abraçar
Enquanto eu fecho o olho e imagino eu abraçando o meu

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir