Lá vem o jovem cowboy
Chegando na cidade
Depois do trabalho no campo e uma longa viagem
Cansado procurando uma pousada pra dormir
E um bom lugar pra se divertir

Dududududududududu dududududududududu
Dududududududududu ioreleiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii

Eu ando sossegado, eu chego com moral
Mais uma nova cidade, todo lugar é igual
Eu vou chegando de canto, averiguando o terreno
O mundo é tão pequeno, eu já passei tanto veneno
E treta, melhor nem lembrar
Outro dia neguinho queria me matar
Mas sempre há uma maneira, uma saída
Sou graduado, concursado na escola da vida
Observo muito bem o lugar
Há locais perigosos que eu posso pisar
Com malandro e polícia você tem que se cuidar
Não dá pra marcar ou andar de bobeira
Nós travamos todo dia uma guerra
Cada um defendendo o seu canto
Sua terra, e fronteiras eu sei respeitar
E se é certo ou errado não sou eu que vou julgar

Lá vem o jovem cowboy
Chegando na cidade
Depois do trabalho no campo e uma longa viagem
Cansado, procurando uma pousada pra dormir
E um bom lugar pra se divertir

Essa noite eu não quero arranjar problema
Eu só quero uma pequena que seja esquema
E uns drink, uma coisa pra queimar
Um tratamento especial, essa noite eu vou dar
Sossegado, bem baixado sair pra balada
Sou carne nova, sou forasteiro na quebrada
Vagabundo sangue ruim me olha com maldade
As minas se vazando pra novidade
E o povo vai chegando, o bicho vai pegar
E os cowboys espirituais começam a tocar
O xerife chega para averiguar
Não tem nenhuma ocorrência para registrar
Só que dois contra começam a se empurrar
Um começa a viajar, chama outro pra brigar
E no meio do salão o tiroteio e correria
Eu pego uma menininha e vou pra patifaria

Lá vem o jovem cowboy
Chegando na cidade
Depois do trabalho no campo e uma longa viagem
Cansado procurando uma pousada pra dormir
E um bom lugar pra se divertir

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir
Composição: Julio Reny / Piá. Essa informação está errada? Nos avise.
Enviada por John. Revisões por 2 pessoas . Viu algum erro? Envie uma revisão.